Shih tzu some após ser deixada para tomar banho em pet shop; veja vídeo

A psicóloga Mônica Monteiro afirma que a cachorra da raça shih tzu dela desapareceu após ser deixada para tomar banho em um pet shop, em Goiânia. 

Segundo ela, a cadela chamada Yummi fugiu enquanto a dona do estabelecimento conversava ao telefone. Câmeras de segurança flagraram o momento em que o shih tzu saiu do pet shop.


Mônica conta como recebeu a notícia sobre o sumiço da cachorra: “Eu deixei ela para tomar banho lá, como faço há pelo menos cinco anos. Fui lá buscar e me disseram que ela ainda não estava pronta. 

Em seguida, veio a veterinária, que é a dona, e a mãe dela até a minha casa, desesperadas me dizer que a Yummi minha shih tzu tinha fugido”.


Dona da Yummi, uma shitzu, acusa veterinária de negligência, em Goiânia.Empresária nega e diz que se esforça para procurar animal desaparecido.




O desaparecimento do shih tzu aconteceu no último dia 7 de junho em um pet shop fica no Parque Flamboyant, no Jardim Goiás, região sul da capital. As imagens da câmera de segurança do estabelecimento mostram Yummi caminhando pelo lado externo da loja em direção à rua.
A veterinária Maria Amélia Ramires, proprietária do pet shop, confirmou que estava ao telefone e não viu a shih tzu sair e disse que está fazendo “de tudo” para encontrá-la.

“Eu já perdi uma cachorrinha, sei exatamente o que ela está sentindo. Nós estamos fazendo de tudo que podemos para procurar. Fizemos cartazes, coloquei carro de som. Tudo que estava ao meu alcance eu fiz, porque imagino o sofrimento dela”, relatou Maria Amélia.

A dona da Yummi afirma que quando a veterinária disse que a shih tzu tinha desaparecido, prometeu que ia fazer anúncio em rádio e jornal, mas não cumpriu.


“Ela me disse que ia pagar anúncio no jornal por sete dias e não fez isso em nenhum dia sequer, fez o cartaz apenas e com meu número de celular, se eximindo da responsabilidade de ajudar a identificar os animais que surgissem”, afirmou a psicóloga.

A veterinária diz que não fez o anúncio por conta do custo financeiro, mas nega que não esteja se esforçando na busca pela Yummi. “Eu não fiz o anúncio porque ficaria R$ 7 mil, eu sou microempresária, não tenho condições de arcar este valor. Até agora já gastei mais de R$ 3 mil com divulgação do desaparecimento da shih tzu dela”, afirmou.

Yummi tem 11 anos e está desaparecida há mais de quinze dias (Foto: Arquivo Pessoal/Mônica Monteiro)
Segundo a dona do animal, nenhum boletim de ocorrência foi registrado por ela nem na Polícia Civil nem no Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV). 

“A minha intenção não é prejudicar ninguém, por isso não tomei nenhum atitude assim, só quero encontrar minha cachorrinha”, afirmou.


Fonte do Texto: g1.globo