Riscos de ração a granel para seu Shih Tzu

CRMV-SP faz alerta sobre venda de ração à granel. A edição de 22/04/2010 do “Jornal da Record” mostrou matéria abordando, entre outros assuntos, a venda de ração à granel em pet shops da periferia de São Paulo como opção mais barata para o consumidor. Em relação a isso, o Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo (CRMV-SP) alerta:
As rações vendidas à granel, em sacos abertos ou outros recipientes que mantenham o produto em contato com o ar e que permitam seu manuseio podem ser facilmente contaminadas por fungos presentes no ambiente, como é o caso dos gêneros Penicillium spp., Aspergillus spp., Rhizopus spp. e Fusarium spp. Esses agentes colonizam a ração, especialmente quando a umidade e a temperatura são favoráveis, se multiplicam e produzem micotoxinas.
 
As micotoxinas, quando ingeridas pelo animal, causam intoxicação que pode variar de aguda a crônica, dependendo do tipo e dos níveis ingeridos, bem como da idade e outros fatores inerentes ao animal.
 
Os sinais clínicos podem se manifestar de várias maneiras, como diminuição do apetite, diarréia, vômitos e hemorragias, assim como hepatotoxicidade e nefrotoxicidade. As micotoxinas também possuem efeito carcinogênico.
Fungos de um mesmo gênero podem produzir diferentes micotoxinas, de acordo com o substrato encontrado. Dentre as várias micotoxinas conhecidas, as aflatoxinas e as ocratoxinas apresentam toxicidade. Elas são produzidas pelos gêneros 
 
Aspergillus spp. e Penicillium spp., frequentes nas rações animais.
Além do risco da contaminação causada pelos fungos, o contato com o ar e com a luz resulta ainda na perda de nutrientes da ração. A venda a granel ocasiona também a perda de controle sobre a data de validade do produto.Dessa forma, recomenda-se que as rações sejam sempre comercializadas em suas embalagens originais, lacradas, livres do manuseio e do contato com o ar, distantes da umidade e poeira. Assim, será possível evitar contaminações por fungos, perda de nutrientes e manter o controle sobre os prazos de validade.
 
Concluímos: que o granel pode prejudicar a qualidade da ração, no entanto, se armazenada de forma correta, em vasilhas que permitam higienização, e protegidas da luz e calor, o granel mantém padrões de qualidade aceitáveis. 
 
 
 
Fonte do Texto: CRMV-SP