Razão pela qual o SHIH TZU gosta tanto de carinho na barriga

Carinho na barriga o seu SHIH TZU gosta? Você já percebeu o quanto o SHIH TZU relaxa quando começam a receber afago na região da barriga? Entenda.

A linguagem dos cachorros é universal. Eles usam o corpo para se comunicarem com nós, humanos. Certamente, você já morreu de amores ao vê-los felizes ao abanar o rabinho na sua direção, ou já correu de medo ao perceber algum rosnando próximo a você. É simples de entender a comunicação do SHIH TZU.

Mas também é muito fácil agradar os SHIH TZU, pois eles adoram tanto receber quanto dar carinho. E você já percebeu o quanto eles relaxam quando começam a receber afago na região da barriga? Essa região é uma das preferidas deles por que é bem sensível ao toque.

O fato de deitarem com a barriga para cima assim que começamos a fazer carinho é uma demonstração de submissão à pessoa que o afaga. Esse comportamento é comum nos grupos de matilhas e cães, que reconhecem o seu dono como provedor de alimentação.

Conheça outros sinais corporais dos SHIH TZU



  • Arrepiar os pelos: isso significa que o SHIH TZU está com medo;
  • Deitar enrolado: ele pode estar com frio;
  • Lamber: é semelhante ao beijo humano. É um ato de afeto.
  • Morder o seu calcanhar: geralmente é um ato de brincadeira, não deve ser interpretado como ataque;
  • Deitar de bruços, bem esticado: o SHIH TZU deve estar com calor, por isso, ele encosta a parte mais sensível do seu corpo, que é a barriga para sentir o piso mais frio;
  • Cutucar com a patinha ou focinho: ele quer sua atenção. Ele toca para chamar ou pedir algo;
  • Pisar no pé: quando o cachorrinho pisa no seu pé, ele quer dizer que você é o líder;
  • Levantar a pata: se o SHIH TZU for um macho isso significa que ele quer urinar;
  • Urinar sempre no mesmo lugar: a atitude marca o território do animal. Quando eles querem desafiar outro animal, passam a fazer xixi em cima da urina dos outros;
  • Montar em outro cão: se o sexo for oposto, a ação indica a busca pelo acasalamento. Mas, se a iniciativa for em cima de outro animal do mesmo sexo significa que o que está embaixo está submisso à liderança do que está em cima.