Shih tzu encontrado em estado terrível leva três horas para aparar o seu pelo- VEJA!

A maioria dos animais que são abandonados é encontrada em um estado terrível. A péssima situação em que esses cães estão fica ainda mais visível em cachorros peludos, pois a forma em que os pelos se apresentam já mostra logo de cara o abandono e a falta de cuidados.

Quando o cãozinho Rags, uma mistura de Shih-Tzu, foi encontrado no jardim de uma casa no Mississippi, Estados Unidos, não era possível ver muito do pequeno cachorro.

Porém, era possível perceber que ele havia sido abandonado ou estava perdido há muito tempo, visto o estado terrível em que seus pelos se encontravam, um emaranhado de nós misturado com muita sujeira.
Rags foi levado para o abrigo animal chamado Clarksdale Animal Rescue Effort & Shelter, onde recebeu todos os cuidados que precisava e foi salvo por uma equipe de voluntários.

O pequeno cachorro, que tem cerca de três anos de idade, estava vivendo preso em seus próprios pelos, que tinham tantos nós e estavam puxando tanto sua pele, que o cãozinho já nem conseguia andar direito.

No abrigo, a primeira coisa que Rags recebeu foi uma tosa, para se livrar de todo aquele peso extra que ele estava carregado. Os pelos estavam tão duros por conta da sujeira, que foi impossível utilizar tesoura. A retirada dos pelos teve que ser feita com vários cortadores, de forma bem cuidadosa para não machucar o animal.
O trabalho durou três horas e foram retirados pouco mais de dois quilos de pelos misturados com sujeira. Em seguida, o cão tomou um banho medicinal para amenizar as inúmeras feridas e a grande quantidade de pulgas que se escondiam por baixo do tapete grosso que os pelos formavam.

“Seu corpo estava coberto com o tapete mais espesso que já vimos. Nós nunca vimos tanto pelo em um cachorro desse tamanho”, contou Paige, membro do Clarksdale Animal Rescue Effort & Shelter.

Ainda de acordo com Paige, pelo estado em que o animal se encontrava, acredita-se que ele tenha vivido anos sem nenhum tipo de cuidado. Porém, ainda assim, não deu nem um tipo de trabalho enquanto recebia tratamento.
Depois da tosa e do banho, quando conseguiu se livrar de boa parte das pulgas, o cãozinho Rags já era um cachorro completamente diferente e, inclusive, já parecia estar se sentindo bem mais confortável.

Rags ganhou uma caminha, onde descansou bastante, e agora se prepara para começar um tratamento contra um vírus que pode ser mortal e que foi detectado em seus exames.

Nós estamos na torcida por Rags, para que ele melhore e tenha a vida feliz que todo cãozinho merece.

Fonte: Metro UK