Saiba se o Shih Tzu é o cachorro mais adequado para você - Tudo sobre shih tzu Pular para o conteúdo principal

Saiba se o Shih Tzu é o cachorro mais adequado para você

Se você é uma pessoa que passa a maior parte do dia fora de casa, não possui muito tempo para realizar as tarefas do lar e, principalmente, mora em um ambiente fechado, como apartamento, o Shih Tzu é a raça ideal para fazer parte da sua família.

Por ser totalmente independente, essa raça não enxergará problema caso tenha que ficar
sozinha por muito tempo durante o dia.



Além disso, como não demanda um grande número de atividades físicas diariamente, ela irá se adaptar facilmente a um ambiente fechado.

Para lidar com seu comportamento, é preciso pulso firme


O Shih Tzu é um típico cãozinho alerta, disposto a enfrentar tudo para sair em defesa dos
seus tutores. Seu relacionamento com crianças e demais animais, como gatos, costuma ser
bastante amigável, desde que fique submetido a um ser humano.

Por isso, antes de ter esse pet em casa, pense se você conseguirá ser pulso firme e impor ordem, mesmo ele te correspondendo com aquela carinha fofa de inocente que derrete qualquer coração.

Se comparada a algumas raças de porte pequeno, essa raça costuma ser carinhosa e dócil com seus responsáveis, adora sentar no colo de um ente próximo para pedir carinho, passear e ter contato direto com a natureza.

É por essa razão que você precisa ter tempo o suficiente para demonstrar o máximo de afeto e proximidade com ela.

Veja se você terá paciência para adestra-lo

Cachorro inteligente, o Shih Tzu procura, ao mesmo tempo, ser independente e obediente às ordens de um humano. Entretanto, seu adestramento requer paciência e carinho, pois, até não ser ensinado, costuma ser um pouco teimoso.

Pessoas calmas e tranquilas tendem a se realizar melhor esse processo e, por essa razão, se sobressaem entre as melhores educadoras dessa raça.

Graças a sua esperteza, a vontade de aprender os comandos do tutor se sobressai e consegue ser realizada sem grandes problemas. Mas lembre-se: nunca estoure com ele, tenha paciência e tranquilidade antes de tudo.

Nos primeiros dias do adestramento, é comum o pet ser persistente a ponto de bater em
você uma sensação de desânimo. Entretanto, passado esse período, a obediência só tende
a melhorar.

Higiene pessoal

Antes de adotar um Shih Tzu, é preciso saber que será preciso dispor de tempo para cuidar de sua higiene pessoal, devido a inúmeros fatores requerentes de uma atenção especial como, por exemplo, a pelagem densa que necessita um maior cuidado com relação a tosa e manutenção.

Pelo fato de possuírem uma pelagem alta e densa, o Shih Tzu precisa receber alguns cuidados básicos de higiene para se manterem sempre limpos e brilhosos.

O ideal é que seus pêlos recebam um trato diariamente para prevenir quaisquer embaraços e a visita das temidas pulgas e carrapatos.

A região dentária também precisa ser limpa três ou quatro vezes na semana, com o intuito de evitar a proliferação de tártaro e outras doenças e problemas na gengiva, que, se não tratadas, podem fazer o peludo perder os dentes muito cedo.

Por causa do tamanho dos seus pêlos, recomenda-se não deixar o animal em ambientes
abertos por muito tempo nos dias de temperaturas elevadas.

Alimentação

Quando o assunto é alimentação, saiba que a alimentação do Shih Tzu precisa ser totalmente balanceada, pois esse fofinho mamífero possui uma forte tendência a engordar.

Vale lembrar que a queima de calorias excelentes por meio da prática de atividades físicas moderadas também é importante.

Cãezinhos de porte pequeno geralmente se alimentam de três a quatro vezes ao dia e, por
essa razão, é necessário sempre estar presente para servir a ração em intervalos regulares.

Caso você seja uma pessoa que passe muito tempo fora de casa e deseja ter um Shih Tzu, o ideal é que instrua algum parente próximo a como alimentá-lo na hora certa.

Rações small breed são as mais apropriadas para esses pequenos, no entanto, a quantidade de alimento a ser ingerido sofre uma variação de pet para pet. Por isso, é indicado que consultas veterinárias aconteçam periodicamente



Fonte: Gear SEO
Tabela