SHIH TZU SOZINHO EM CASA:VEJA COMO DEIXA-LO FELIZ

Cachorro sozinho em casa não pode ser sinônimo de tédio e estresse. Por isso, se o cachorro costuma passar boa parte do tempo sozinho em seu apartamento ou casa, temos que nos atentar a alguns detalhes para que nosso melhor amigo não viva entediado e, dessa forma, estressado. Um ambiente legal é mais divertido. Não apenas para cães, mas para qualquer espécie (humana, inclusive). Quem nunca se pegou se lamentando da rotina entediante do trabalho, da escola ou por não ter nada para fazer num final de semana chuvoso? Imagine uma rotina sem graça durante meses e anos a fio. Fácil de suportar? Para a maioria das pessoas, provavelmente não. Se você for curiosa, ativa e cheia de energia, com certeza não aguentaria uma vida assim, sem desenvolver algum tipo de sintoma relacionado ao estresse. Pois bem Apartamentos e quintais fechados têm uma característica em comum: seu cenário não muda com facilidade e se torna entediante para aqueles que passam 90% do seu tempo ali. Cães e pessoas não serão felizes em ambientes entediantes.


Por sua natureza, são espécies sociais (precisam de interação com semelhantes) e curiosas (precisam conhecer coisas novas), sem contar com outras tantas características que não combinam com ambientes que não promovam bem-estar.
Mas já que o ambiente é urbano e limitado, como fazer para torná-lo mais divertido e interessante? Há infinitas formas; abaixo, seguem algumas ideias:

Como tornar o ambiente mais atrativo

 
1. Torne o ambiente menos óbvio.
2. Crie desafios.
3. Mude a rotina.
4. Aceite um pouco de sujeira em troca do bem-estar do cão.
5. Tenha em mente as necessidades naturais dos cães.
6. Aumente seu conhecimento sobre comportamento canino.
7. Invista tempo criando formas do cão gastar o tempo dele.
8. Por segurança, observe como seu cão brinca antes de deixá-lo sozinho com os elementos de enriquecimento ambiental.


Como fazer tudo isso? Confira exemplos

 
1. Amarre, com segurança, uma corda em algum lugar alto. Na ponta de baixo, pendure brinquedos e estimule seu cão a pular para pegá-los.


2. Esqueça as tigelas de alimentação e ofereça comida de outras formas: espalhe os grãos de ração pela casa, esconda-os atrás de objetos, estimule seu cão a farejar e procurar pelo alimento.


3. Seu cão tem um lugar predileto para passar o dia? Coloque algum obstáculo para dificultar seu acesso e fazer com que ele desenvolva uma nova forma de chegar até ele. A ideia é dificultar, não impedir.


4. Leve aromas diferentes para casa. Que tal criar uma horta com plantas medicinais (manjericão, hortelã, erva doce, etc) e disponibilizar ao seu cão quando você estiver ausente? Lembre-se: novos cheiros e sabores estimulam os sentidos.


5. Ofereça brinquedos que possam ser roídos e destruídos.


6. Tem quintal? Que tal criar uma caixa de areia, enterrar algum brinquedo legal e permitir que seu cão faça buracos e descubra prêmios por ser mais ativo?


Apartamento ou quintal não podem ser sinônimos de falta de bem-estar. Qualquer ambiente pode ser divertido e inovador. Estas ideias são apenas parte do universo estimulante que é tornar o ambiente mais legal para seu cachorro. Use sua criatividade. Imagine um lugar legal para se viver. Ofereça este lugar ao seu cão.

                                                            



 Fonte do Texto:Maisjr