Shih Tzu Brasil Pular para o conteúdo principal

Postagens

Cães em Brumadinho encontram 4 pessoas vivas

A postagem é de há 5 dias atrás, mas só agora a gente tomou conhecimento do incrível feito desses cachorros.
Foto recebida agora (sábado, 26/01/2019) pelo pessoal do Resgate de Cláudio/MG que está em Brumadinho/MG. Cachorros que ajudaram nas buscas encontraram 4 pessoas vivas dentro de carros.

Foto: Christiane Bernardes Pereira

Créditos: Eduardo Prado.

Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado


Avenida Paulista celebrará Ano Novo com fogos sem barulho, em respeito aos animais.

A passagem de 2018 para 2019 promete ser especial na Avenida Paulista. Desta vez, a noite de Réveillon dos paulistanos será marcada pelo uso de fogos de artifício silenciosos.

A Prefeitura de São Paulo anunciou nesta terça-feira (4) que a queima de fogos durante os shows de Réveillon na avenida Paulista usará apenas artifícios de efeito visual, sem estampido.
Os rojões com barulho não serão usados, em respeito à lei municipal 16.897/18, aprovada pela Câmara Municipal neste ano, que proíbe fogos na capital.

Visando diminuir e evitar transtornos com idosos, crianças, pessoas com deficiência e animais, – que são suscetíveis a sofrerem efeitos colaterais causados pelos intensos ruídos, – a Lei Municipal teve extenso apoio de grupos de defesa dos animais e associações não-governamentais cidade e país afora.

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB) entretanto, ainda não tem detalhes da festa: questionada pela reportagem, a gestão da prefeitura não informou qual empresa fará o espetáculo…

Cachorros esperam por morador de rua na porta de hospital

No mesmo dia em que várias ONG’s faziam protestos pelo cadela “Manchinha” que foi espancada até à morte em uma loja da rede Carrefour, em Rio do Sul, chega até nós mais um exemplo de como os animais são fiéis aos seus donos, sem qualquer discriminação.
Uma funcionária do Hospital Alto Vale postou algo que é rotina, mas que nesse momento de tensão merece mais espaço de destaque.

Ana Cristina Mamfrim estava no Hospital quando durante a madrugada um paciente entra na unidade para receber atendimento. Se trata de um morador de rua que vem acompanhado por uma quadrilha de fiéis companheiros.

Tudo, porque enquanto seu dono estava recebendo atendimento, eles ficaram ali na recepção do Hospital aguardando por ele ansiosos.

Uma demonstração de amor que é em tudo recíproca, porque mais tarde o senhor confidenciou com Ana, que por vezes deixa de comer, para que seus companheiros não passem fome.

Alguém que com nada tem muito, muito amor para dar e para receber… amor descomplicado, simples e aci…

Recomendamos