A partir de quando posso sair com o filhote na rua?

Você não deve levar seu cão para passear na rua antes que ele tome todas as vacinas necessárias Dessa forma, vacinar é uma forma de defender seu pet de doenças que podem até mesmo levá-lo ao óbito. Agora, vamos explicar o porquê, quais vacinas tomar e quando: A importância da vacinação em filhotes de shih tzu.

A vacinação do ponto de vista do homem e do animal


Muitas pessoas acreditam que vacinar os animais é uma atitude preventiva apenas a eles, mas isso não é verdade:

  • a importância da vacinação dos cães para os humanos;
  • a importância da vacinação dos cães para os próprios animais
  • os cães, se não são vacinados, podem pegar e transmitir diversas doenças aos homens. Atualmente, as zoonoses de maior incidência são a aiva e a Leptospirose. Vale lembrar que essas doenças também podem ser transmitidas dos humanos aos animais e, por isso, também devemos ser vacinados.
  • ao sair na rua, um animal que não foi vacinado, está aberto a diversas infecções. Então, se você quer que o seu pet possua uma vida saudável, ele deve tomar todas as vacinas necessárias antes de passear.

O início e o crescimento do hábito de vacinar animais domésticos evita milhões de mortes de pets. Então, mesmo que você viva em uma cidade onde alguma doença esteja erradicada, ainda assim vacine seu animal para que ele fique sempre protegido e viva uma vida longa e saudável. Quais as vacinas mais importantes?

Vacinas polivalentes e antirrábicas são muito importantes para o bem-estar do seu cão

Atualmente, as vacinas disponibilizadas no mercado são utilizadas para prevenir diversas doenças. As enfermidades que mais comumente acometem os cães incluem: Parvovirose, Hepatite Infecciosa, Cinomose, Parainfluenza, Coronavírus, Leptospirose e aiva, sendo que as duas últimas entram para a categoria de zoonoses.
O esquema clássico de vacinas visa prevenir essas doenças. Entretanto, dependendo da região onde vive, o veterinário responsável deverá avaliar se é necessária a aplicação de alguma vacina extra, como contra leishmaniose. 

As principais vacinas de cachorro são:


  • V8: vacina polivalente que previne contra coronavírus, cinomose, adenovírus tipo 2, parvovirose, parainfluenza e leptospirose;
  • V10: vacina também polivalente que previne contra cinomose, adenovírus tipo 2, coronavírus, parvovirose, parainfluenza e leptospirose;
  • Puppy: indicada para áreas com alta incidência de cinomose e parvovirose;
  • Contra gripe canina: vacina que previne o cão contra a traqueobronquite infecciosa canina;
  • Antirrábica: vacina contra a raiva. A única que é considerada obrigatória pelo governo. As prefeituras realizam campanhas de vacinação gratuitas para a aplicação da antirrábica;
  • Contra leptospirose: protege o animal contra 4 tipos de leptospirose e é recomendada de 6 em 6 meses em áreas de alta incidência da doença;
  • Contra giárdia: vacina que protege o pet contra a giardíase.

Quais vacinas meu cão deve tomar antes de poder sair?


Veja o esquema básico da vacinação que o seu cão deve tomar antes de passear primeiramente, vale lembrar que apenas o médico veterinário pode vacinar o seu animal, utilizando seringas descartáveis, luvas e uma vacina de procedência garantida. Também é responsabilidade desse profissional examinar sempre o animal e verificar se ele não possui nenhum tipo de doença que influenciará no processo de imunização causado pela vacinação. As vacinas podem ser aplicadas de acordo com cada veterinário.

 De qualquer forma, segue um esquema básico de vacinação:

  • com 30 dias: vacina Puppy;
  • com 45 dias: 1ª dose de polivalente (V8 ou V10);
  • com 66 dias: 2ª dose de polivalente + 1ª dose de gripe;
  • com 87 dias: 3ª dose de polivalente + 2ª dose de gripe + 1ª dose contra a giardíase;
  • com 108 dias: 4ª dose de polivalente (a critério do veterinário) + antirrábica + 2ª dose contra giardíase.
Vale lembrar que seu cão não deve apenas tomar as primeiras vacinas. Anualmente, leve-o ao veterinário para que a vacina antirrábica seja reforçada, assim como todas as outras necessárias.

Cuidados após a vacinação

  • Sempre observe seu cachorro após ter sido vacinado
  • Após cada vacina, não deixe que seu pet realize esforço físico ou passe por qualquer situação estressante;
  • Observe seu animal, pois as vacinas podem causar reações alérgicas;
  • Caso seu cão apresente qualquer reação – além de apatia –, leve-o ao veterinário.

Vermifugação em filhotes de shih tzu


Antes de o seu cão sair para passear, também deve ser vermifugado
Ainda que seu cachorro já tenha todas as vacinas, saiba que ele não poderá sair antes que seja vermifugado. A vermifugação tem como função controlar a maioria dos vermes.

Os filhotes podem ser vermifugados já nos primeiros 15 dias de vida e o processo deve ser repetido ao completarem 30 dias. É importantíssimo que todos os cachorros sejam vermifugados, pelo menos, 2 vezes ao ano por toda a vida.

Lembre-se: Que todas as medidas profiláticas abordadas devem ser devidamente aplicadas (vacinação) e prescritas (vermifugação) pelo médico veterinário. O passo mais importante ao adotar ou comprar um novo pet é levá-lo a uma consulta e seguir todos os passos recomendados.



               Matéria revisada por um profissional veterinário da Equipe AgendaPet.