Como evitar pulgas e carrapatos no seu pet

Como evitar pulgas e carrapatos no seu pet O tutor deve ficar atento ao corpo e ao comportamento do animal
No verão, o clima quente e a umidade podem tornar o ambiente propício para o surgimento de pulgas e carrapatos, que podem acometer qualquer raça de cães e gatos. O Pernambuco.cão preparou algumas dicas para afastar esses parasitas.


Resultado de imagem para carrapato desenho
Banhos frequentes e dar remédio específico todo mês afastam os parasitas.
No caso das pulgas, os ovos são depositados em ambientes internos de casas e apartamentos, e o calor e a umidade favorecem a eclosão. No caso dos carrapatos, a postura é feita em ambientes abertos e as chuvas de verão podem atrapalhar sua proliferação.

De acordo com professora do departamento de medicina veterinária da UFRPE Evilda Lima, os cães portadores de parasitas apresentam alguns sinais facéis de identificar. “Coceira insistente, pele avermelhada e pequenas lesões são alguns dos sintomas de que um cão ou gato está carregando escondido sob seu pelo parasitas como pulgas e carrapatos”, afirma.

O tratamento pode ser feito com sabonetes, xampus, loções, sprays, coleiras e pour-on, aquela pipeta com medicamento que é colocada na nuca do animal, todos anti- pulga e carrapatos. “A eficácia depende muito do princípio ativo utilizado e da resistência a determinados produtos. É preciso estar atento porque muitos podem ser tóxicos”, alerta a professora  Evilda.



Manter o ambiente limpo também evita que pulgas e carrapatos se proliferem.

  
 Fonte:http://www.diariodepernambuco.com.br