O que fazer quando seu cachorro não para de se coçar

Problemas de pele são muito comuns entre os cães e gatos e um dos principais motivos de idas ao veterinário
Se você notou que seu animal continua coçando, mesmo após o banho, e não existem pulgas ou carrapatos, é bom consultar um veterinário. Cachorros  pode ter inúmeros problemas de saúde que irão manifestar-se como um problema de pele. 
Afinal de contas, a pele é o maior órgão do corpo e deve merecer atenção especial. Os problemas de pele entre os cães e gatos podem ter origens tão diversas e são tão frequentes nas clínicas que a Dermatologia Veterinária foi reconhecida como especialidade pelo Conselho Federal de Medicina Veterinária em 2013.

Possíveis causas de coceiras: a alergia a pulgas é comum!
Mesmo que todas as pulgas tenham sido eliminadas do animal, a coceira continua e pode tornar-se uma dermatite!
As dermatites, nome genérico para toda infecção da pele, podem resultar em coceira ou prurido. Bactérias e fungos, como a Malassezia spp., são oportunistas, colonizam a pele e são os culpados por muitos dos casos de coceira nos animais de estimação.
Além do incômodo constante, pode ocorrer seborreia ou presença de caspas, que podem conferir um odor bem desagradável na pele.
A coceira pode ser ainda resultado do uso de shampoos ou produtos inadequados para a pele do animal.  Existem alergias a produtos utilizados na limpeza de sua casa ou até mesmo a alguma intolerância a algum ingrediente da ração fornecida para o seu pet podem ser as causas de alergias que resultam em prurido constante na pele.

Veja Também... 
 Como Lidar com o Choro do Filhote de cachorro
 Por que meu cachorro come fezes?
 Ensinando o filhote de cachorro a fazer xixi e cocô no lugar certo

Quando procurar um dermatogista veterinário?

Em um exame dermatológico veterinário, são verificadas as causas de coceiras e qualquer anormalidade na saude da pele do seu pet
Os tratamentos desses casos podem ser à base de shampoos terapêuticos, que possuem medicamentos em sua composição, até o uso de medicamentos por via oral: antibióticos, antifúngicos e antiinflamatórios esteroidais, como os corticóides.
O médico veterinário pode prescrever ainda o uso de rações especiais, terapêuticas e hipoalergênicas, ou mesmo uma dieta especial com comida caseira nos casos de coceira e alergia causadas por intolerância alimentar.

Vale ainda um check-up para descobrir a origem  do sintoma. Verificar se os níveis hormonais estão dentro dos parâmetros é importante para o diagnóstico. Alguns problemas hormonais podem ter a coceira como sintoma.

Atenção: os sintomas dos problemas de pele de forma geral entre os cães e gatos nem sempre melhoram imediatamente após o início do tratamento. Os tratamentos podem, sim, ser demorados. Paciência e disciplina por parte do tutor são imprescindíveis para o sucesso do tratamento! 

Animais que se coçam muito podem acabar se ferindo, causando úlceras, complicando ainda mais o caso. Se o seu cachorro se coça demais, lambe-se em excesso ou apresenta alguma queda de pelos ou alopecia, procure um veterinário. Não deixe o probleminha se tornar um problemão!

Matéria revisada por um profissional veterinário da Equipe AgendaPet.