Temperamento e comportamento Do Shih tzu


Se você está em busca de um cachorro pequeno e silencioso, o Shih Tzu pode ser o seu achado. Não que ele nunca lata, mas não há dúvida de que está entre os cães de pequeno porte mais discretos da espécie canina. É o mais indicado e preferível por quem vive em apartamento.

Com crianças

Até há casos de Shih Tzus que avançaram nos baixinhos. Mas, para que tenham chegado a esse extremo, esteja certo de que foram muito incomodados. A raça não tem ímpeto agressivo e costuma ser amigável com todos, o que abrange crianças de qualquer idade. Entre os cães de porte similar, inclusive, o Shih Tzu está entre os mais tolerantes com a garotada. Claro que convém supervisionar a relação. Raças pequenas podem ser facilmente machucadas durante as brincadeiras agitadas que os baixinhos costumam promover.


Com pessoas de fora da casa


Sabe aqueles cachorros pequeninhos que vivem latindo e estranhando gente desconhecida? É o retrato oposto do Shih Tzu. Para essa raça, sociabilidade éo grande lema. Demonstrar alegria ao conhecer novas pessoas, festejar visitas e aceitar agrados até de passantes são atitudes rotineiras. Os Shih Tzus querem mais é atenção. Adoram brincar com qualquer um que lhes dê bola. Muitas vezes chegam a ser efusivos, recepcionando os visitantes com pulos de boas-vindas.


Obediência


Exemplo de obediência, o Shih Tzu não é. Embora muito raramente suas teimosias se transformem em problemas de relacionamento com a família, ele é daqueles que, de vez em quando se fingem de surdos ao receberem uma ordem ou que obedecem apenas enquanto o dono estiver por perto. Uma boa educação, composta por donos presentes, carinhosos e, ao mesmo tempo, firmes para definir as regras e limites, sempre ajuda na formação de exemplares mais predispostos a obedecer. No entanto, uma pitada de irreverência é característica da raça.


Inteligência


Observador atento, é do tipo que sabe onde os donos guardam os petiscos e brinquedos. Só de vê-los se aproximando do precioso do precioso local já demonstram entusiasmo. Também resolvem com sucesso vários problemas. Há muitos casos de exemplares que aprendem a abrir certas portas e a sinalizar algumas de suas necessidades. Só para ilustrar, volta e meia há Shih Tzus atraindo a atenção das pessoas para que vejam a vasilha de água esvaziou ou que a saída para o jardim (leia-se banheiro) foi fechada.


Destrutividade


O Shih Tzu não costuma ser um cão muito problemático nesse quesito. Quando filhote, como acontece com a maioria dos cães, costuma afiar os dentinhos onde não deve, porém conforme cresce e é educado pela família, vai se tornando disciplinado. Algumas exceções tendem a ocorrer quando ele se sente abandonado. Dependente da presença dos donos, o Shih Tzu, de vez em quando, pode fazer pirraça por ter ficado sozinho. Para evitar eventuais transtornos, não o deixe só ou, quando o fizer, mantenha-o em locais onde possíveis estragos não sejam tão graves.


Grau de atividade


Ele em nada lembra aqueles cãezinhos que mais parecem ligados na tomada, sempre brincando e procurando o que fazer. O Shih Tzu é moderadamente ativo. Curet uma brincadeira e uma correria, mas também adora sossego. Na maior parte do dia, opta por passatempos calmos. Fica deitado num cantinho confortável olhando a movimentação ao redor, passeia tranquilamente pela casa, pede um colo para o dono… Enfim, leva a rotina sem maiores agitos.


Com a família


Seguindo a regra do reino canino, o Shih tzu costuma eleger um dono em especial. Diferentemente da maioria das raças, contudo, tem uma maneira mais discreta de fazê-lo. Embora até festeje um pouco mais o seu eleito, não deixa de ser particularmente simpático e efusivo com os outros moradores da casa. Faz o estilo companheiro familiar. Gosta da presença de todos e vive virando a escolha de com quem vai ficar. Independentemente não é com ele. É do tipo que solicita atenção, convidando as pessoas para brincar e dando um jeito de ganhar um cafuné. E caso se sinta ignorado, como tende a ocorrer se deixado sozinho por períodos prolongados, pode ficar tristonho e abatido. Nessas ocasiões, em sinal de protesto, não é impossível que se tome irreverente, aproveitando da ausência dos donos para mordiscar o que não deve ou fazer um xixizinho no lugar errado.


O quanto late


Se você está em busca de um cachorro pequeno e silencioso, o Shih Tzu pode ser o seu achado. Não que ele nunca lata, mas não há dúvida de que está entre os cães de pequeno porte mais discretos da espécie canina. É daqueles que sinalizam quando escutam a campainha ou quando estão muito alegres, mas não é de dar escândalos nem de latir sem motivo.


Com cães e animais

Embora haja exceções, a regra é o bom convívio. E isso tanto para a relação entre Shih Tzus do sexo oposto, como do mesmo sexo. Trata-se de um cão pacífico. No que depender dele, a vida será amigável com cachorros de outras raças assim como com outros animais, a exemplo de gatos e aves.


Fonte: Revista cães e cia.