Como transporta um cachorro de bicicleta

DE BICICLETA,MAS COM SEGURANÇA !

Seja na cestinha,caminhando ao lado ou de reboque,tudo bem, o que importa é observar algumas regrinhas para que com segurança e bom senso o passeio seja um momento prazeroso para os dois lados.


Em primeiro lugar vamos separar um kit básico para o passeio,seja na cestinha ou ao seu lado é fundamental:
- Água,muita água para você e seu amigão.
- potinho para o cão (hoje já existe no mercado varias opções inclusive garrafinhas que também são bebedouros (veja foto) )

- Saquinhos para recolher a caca. (mas de bicicleta? -Sim,numa paradinha para descanso tudo pode acontecer rsss)


E agora? Aonde vai o peludo? Na bike de carona ou correndo do lado? Nesta hora o que vai ditar é o tamanho e a condição física do teu parceiro de 4 patas. Para os pequenos a médio porte o ideal são as cestinhas ou caixas, alguns preferem coloca-los em mochilas próprias para Pet presas ao corpo .

NA CESTINHA.

Observe que todos fazem uso da peitoral fixada a caixa ou cesta de transporte.

O item numero 1 para este tipo de transporte é o uso de peitoral pelo seu peludinho que você deve prender com a própia guia ao cesto/caixa de transporte da bike ( não sei se encontra no Brasil um acessório propio para fazer a fixação, uma tira curta com ganchos).
Use  algo macio para ele sentar e proteger a borda no caso de cestas aramadas como da primeira foto no canto superior a direita.
DICA:
Antes de sair a primeira vez com seu cão na Bike faça uma adaptação. Depois de prender bem a guia da  peitoral  a cesta dê voltas segurando a bicicleta um passeio curto,desça e suba a calçada,pare e siga ,passe por diferentes terrenos para que vá se acostumando,é bom que se depare com carros,pessoas outros animais,pois desta forma você já pode ir corrigindo algum comportamento indesejado.
Suba então na bicicleta,você pode colocar a mão sobre ele,conversar,acalma-lo para que relaxe e aproveite.
Faça passeios curtos inicialmente.Pare,deixe-o passear fazer xixi e ofereça agua, torne o momento agradável.

NO REBOQUE


Ideal para cães de grande porte,animais idosos ,deficientes ou enfermos. No caso de longos percursos e muito calor também é uma boa opção.
Tenha cuidado com a forma de fixa-lo a bicicleta para que fique bem firme.
Escolha um reboque que tenha estabilidade e dê segurança a seu cão e tenha local de fixar a guia de preferência presa a uma peitoral. 
Assim como no caso da cestinha faça passeios curtos de adaptação,só então aumente o percurso,lembre-se de fazer paradas.


CORRENDO AO LADO




Essa prática exige cuidados extras com seu animal.Em primeiro lugar um checkup,tenha a certeza de :
- ele não tem problemas cardio respiratório (cuidado todo especial com braquicéfalos )
- Problemas articulares (lesão de patela,displasia coxo femural ...)
- Sobre peso ( que pode coloca-lo em risco tanto com sobre carga nas articulações como para o coração)
- Não é recomendado para animais de grande porte,principalmente antes de completar 1 ano de idade pois podem comprometer as articulações desenvolvendo patologias como a displasia,neste caso atenção especial para os da raça Pastor Alemão que já são geneticamente predispostos. 
Em segundo lugar é importante se conhecer bem o comportamento do animal e que se tenha bom domínio sobre ele para que num movimento brusco ou descoordenado (ao ver um bicho ou se assustar) não venha a causar um acidente em que possam os dois se ferir.Neste caso é fundamental que o animal atenda bem aos seus comandos.
Em terceiro lugar, faça adaptação lenta com seu cão ,existem inúmeros equipamentos diferentes para essa prática, veja ao qual vocês se adaptam melhor. 


PASSO A PASSO COMO ADAPTAR SEU CÃO COM  A BIKE


Inicie o treinamento no seu propio quintal ou lugar seguro sem carros 
Lembre-se: Para a segurança de vocês ,você deve ter total domínio do seu cão,principalmente do comando junto
1- Caminhe segurando de um lado a bike do outro o cão (você no meio)
2- Assim que ele estiver familiarizado, coloque a bike entre vocês,dê mais algumas voltinhas)
3- Suba na bike
4- Segure levemente a guia (caso o cão faça um movimento brusco você pode soltar de forma a não cair, de imediato de o comando junto e acalme seu amigão.) 
5- Pedale lentamente,a guia deve ficar frouxa dando espaço ao cão (caso sinta-a tensa,o cão pode estar cansado,pare.)
6- Faça movimentos suaves de curvas e de pare e siga
7- Vá aos poucos levando-o para lugares onde tenha contato com pessoas,animais e carro,até estarem totalmente integrados formando uma verdadeira dupla.


DICA
Agora o MAIS IMPORTANTE, os cuidados com seu amigão.
- NUNCA saia em horários de calor intenso
- NUNCA saia com ele após uma refeição (leia aqui sobre os riscos de uma Torção Gastrica )
- Sempre aqueça seu animal caminhando inicialmente
- Depois mantenha um trote leve
- Comesse com pequenos percursos e fique atento, a qualquer sinal de cansaço diminua e pare imediatamente
(Dizem que muitos cães correm com medo de perder seus donos de vista, com isso as pessoas confundem com disposição levando-os a exaustão)
- MUITO CUIDADO com a PATA do seu cão,as almofadas levam um tempo para se adaptar e endurecer. O atrito com o solos ásperos por não estarem acostumados podem ocasionar lesões, esfolamento e bolhas (essas principalmente no caso do asfalto quente) . É possível fazer uso de calçados caso seu cão se adapte bem.
- Mais do que nunca parar e oferecer água para seu cão se hidratar (e fazer as necessidades fisiológicas) . Caso o equipamento seja do tipo que o cão fica atrelado,solte-o para que possa descansar e fazer suas necessidades.




Agora que já sabem de alguns cuidados básicos ,DIVIRTAM-SE! Uhuuuuuuu!!!


Fontes : dog channel
  www.ehow.com