Como colocar frauda em cachorro

Como colocar frauda em cachorro: Uso de fralda em cachorro (e gatos) trouxe mais conforto tanto para os animais como para os proprietários, elas são práticas e úteis em inúmeras situações, como: 

- Frauda cachorro no cio,(caso ainda não seja castrada, o que é recomendado).
- Frauda cachorro filhote que gostam de demarcar território
- Frauda cachorro idoso com problemas de incontinência fecal e urinária. 
- Pós operatório.
- Frauda cachorro filhote que ainda não aprenderam o lugar certo de fazer suas necessidades.
- Em cães que vão viajar, na ida a casa de amigos ou lugares públicos como shopping, restaurantes e etc.Animais que já fazem uso de roupinhas não costumam estranhar a fralda, outros precisam de adaptação, nestes casos procure agradá-los com petisco ou desviando a atenção da fralda.
           
frauda em cachorro
A fralda pode ser utilizada por cães de todos os tamanhos e raças. Na hora de remover a fralda suja do cão, deslize a fralda com cuidado passando pela cauda do animal, certificando-se de que todos os resíduos permanecem contidos na fralda. Faça a higiene com lenços umedecidos ( existem os próprios para pet) evite os muito perfumados, pois podem causar desconforto ao olfato sensível do peludo.

Lembre-se de que fazer mudas constantes é fundamental para a saúde do seu bichinho. Geralmente 3 a 4 vezes ao dia . 

Existem no mercado fraldas próprias para Pet, algumas são ecologicamente corretas biodegradáveis. Nas figuras que seguem, a explicação de como usá-las é dada pelo site da My Pet Brasil

Como colocar frauda em cachorro

Fig.01 - Encaixe a cauda do seu cão no orifício da fralda posicionando a fita decorativa para cima. 
Fig.02 - Utilize uma das fitas adesivas para fixar a primeira aba da fralda . A seguir, fixe a outra aba utilizando a outra fita adesiva existente.
Fig.03 - Finalmente. se necessário, faça pequenos ajustes de forma a deixar a fralda  bem ajustada e confortável.

Leia Também...
Assista a seguir a este vídeo preparado pela Dr Carolinne Torres onde ela dá todas as dicas de passo a passo de como colocar frauda em cachorro, inclusive como transformar a fralda de bebes em fraldas para cachorro.

Fraldas caseiras para cachorro


O que você precisa?      

  • Fraldas infantis de natação     
  • Canetinha     
  • Tesoura     
  • Fita métrica


Fraldas caseiras para cachorro: 1- Coloque uma fralda infantil de natação em uma mesa com o lado da frente virado para cima. 

2-  Meça o ponto mais largo do rabo do seu cachorro com uma fita métrica. Enquanto mede, se isso não causar desconforto ao cão, você pode comprimir o pelo para que ele fique reto. 

3-  Desenhe um círculo do tamanho do rabo de seu cachorro 5 ou 7 cm acima da forquilha da fralda com uma canetinha. O círculo deve ser centrado ao longo da largura dela. 

4-  Faça um buraco no centro do círculo com a tesoura e corte na linha que você desenhou. Você deve cortar apenas o lado de frente da fralda e não o inferior. 

5-  Coloque a parte de trás da fralda contra a barriga do seu cachorro, com a borda superior em direção à sua cabeça. 

6-  Puxe o resto da fralda para cima, sobre a cauda do cão, para que o lado da frente dela fique sobre suas costas. 

7-  Puxe o rabo do cachorro através do orifício da parte superior e feche as abas da fralda ao redor de seu corpo. Está pronto frauda caseira para cachorro.

 Fraldas em cachorro - Usar ou não usar


Sinceramente, as vezes tenho vontade de colocar fraldas em Bolinha e Leona - xixi a toda hora! Isso sem contar quando Leona entra no cio, um horror! Nesse último caso, é um uso bem obvio; a fralda protege os móveis, tapetes e pisos. Mas, somente nesse caso eu me permito usar - não conte com a fralda, como uma forma de impedir a cruza, um cão macho vai encontrar uma maneira de contornar a fralda e você pode encontrar uma ninhada de filhotes inesperada. Mantenha sempre uma fêmea no cio longe, de um cão não castrado.

Se você estiver procurando fraldas para o seu cachorro, compre produtos de qualidade, pode ser muito pratico para nós mas é incomodante para eles.

Dicas: Vocês sabiam as cadelinhas sofrem cólicas, indisposição, ficam mais quietinhas e manhosas? Elas podem ter a TDC, a tensão durante o cio que afeta cadelas e gatas. Uma espécie de “TPM animal”.  Em média, a cada seis meses, as fêmeas passam pelo que a maioria das mulheres em idade fértil aturam todo o mês: dores e sangramentos. Pobrezinhas!! O sangramento das cadelas costuma durar uns 10 dias.

Fonte do Texto: Dicas peludas  - Ehow