Osteomielite em cachorros


 
A Osteomielite é uma patologia encontrada facilmente na rotina de um médico veterinário. Como o próprio nome já diz, trata-se de uma inflamação em um ou mais ossos dos animais, que afeta mais precisamente a parte interna dos ossos (cavidade medular) e, se não tratada, pode levar o cão a óbito. A infecção nos ossos pode ser de origem fúngica ou bacteriana, sendo a última a mais comum de ser encontrada.

As causas para o aparecimento da Osteomielite em cães são diversas, porém na maioria dos casos, é decorrente a uma fratura óssea exposta, onde a bactéria ou fungo consegue entrar na medula óssea. As cirurgias ortopédicas também são fatores de risco para uma possível infecção, por isso todos os instrumentais e equipamentos devem estar estéreis.
Os sinais clínicos podem ser facilmente passados despercebidos pelo tutor do animal, já que alguns pets são mais fortes e não os demonstram totalmente, aparecendo somente em um grau mais avançado da doença. Os principais sinais encontrados, são: Claudicação no membro afetado (Manqueira); Dor na região ao ser tocado; Presença de Febre; Edema na região afetada; O animal pode apresentar apatia. Em casos de Osteomielite generalizada, o animal para de se alimentar, ou seja, não tem interesse pelo alimento; Perda de peso; Prostração, e em alguns casos, morte.
Foto: ReproduçãoO diagnóstico deve ser feito unicamente por um médico veterinário de sua confiança. Além da anamnese e de um exame clínico minucioso, o profissional deverá requerer exames específicos para fechar o diagnóstico de uma forma mais segura e eficaz. O exame de sangue e o de imagem, como o raio X, são de imensa importância e, normalmente, são os primeiros a serem pedidos. A biópsia do osso não é tão utilizada, porém em casos mais complexos, pode ser necessária para fechar o diagnóstico. É importante esclarecer que, de todos os exames, a biópsia é a mais segura.
O tratamento para a Osteomielite dependerá do agente que ocasionou a infecção. O médico veterinário é o único profissional que está habilitado a prescrever medicações para animais, por isso é importante recusar opiniões de leigos, pois o quadro pode ser ainda mais agravado se for administrado um medicamento de forma errada. No caso da infecção ser decorrente de  uma cirurgia ortopédica, normalmente é realizada nova cirurgia para remoção de placas e pinos. Quem decidirá o melhor tratamento é o médico veterinário de sua confiança.
A melhor prevenção para evitar a infecção é ter o cuidado de, no caso de um animal fraturar qualquer osso, fazer com que o mesmo seja levado imediatamente a uma clínica veterinária para a estabilização do quadro, para que, posteriormente, seja feita a cirurgia.  Isso diminuirá as chances do surgimento de uma Osteomielite. Assim como qualquer outra doença, quando mais cedo for descoberta e tratada, mais chance o animal tem de recuperação.

Fonte:www.portaldodog.com.br