Shih Tzu com síndrome de down – Entenda o que é como funciona!

A Síndrome de Down está associada a algumas dificuldades de habilidade cognitiva e de desenvolvimento físico, e um determinado conjunto de características físicas causadas por uma anormalidade da condição genética.

Embora todos os animais possam ter anormalidades genéticas que afetem a sua aparência e seu comportamento, a síndrome de Down era amplamente considerada como uma específica condição humana, uma vez que é causada pela trissomia do cromossoma 21, que só se encontrava nos seres humanos.

Existem alguns casos raros, porém, quando determinados cães e gatos não possuem a mesma aparência gloriosa que a maior parte da espécie, quando não se comportam como um gato normal.

Alguns donos chamam essa diferença de Síndrome de Down. Mas, podem os cães e gatos ter síndrome de Down?

O que é?


Apenas uma maneira para as pessoas justificarem o comportamento estranho do seu shih-tzu
Uma anomalia semelhante à do síndrome de Down em pessoas. Uma disfunção genética

Os shih-tzu que tem a dita síndrome de Down, possuem olhos grandes e redondos em comparação com os olhos dos outros, a forma da face também pode ser diferente. Se comportam de forma anormal em comparação com outros.

Os shih-tzu também podem desenvolver os mesmos problemas de saúde que um humano que sofre de síndrome de Down, como problemas cardíacos. Alguns têm problemas de visão e a ​​musculatura fraca.

Síndrome de Down – Aspectos técnicos e Termos


Tecnicamente falando,os shih-tzu não podem ter síndrome de Down. Eles podem representar as mesmas características físicas e fisiológicas como a do síndrome de Down em seres humanos, mas não é o mesmo. Eles podem, no entanto, sofrer de uma doença genética ou anomalia cromossomica.

É necessário mais pesquisas para chegar ao fundo dessa síndrome nos shih-tzu. Tal como acontece com qualquer outro transtorno animal, o melhor é saber o que é e o que ele faz para saber quais as medidas necessárias a tomar.



Eles precisam de paciência extra e um olhar atento para evitar que sejam prejudicados. Não submeta seu shih-tzu para um ambiente que pode expô-los a perigos, como alturas e animais agressivos. Não expô-los a fiações elétricas e eletrodomésticos.

Além disso, certifique-se de que os produtos químicos e outras substâncias estão fora do alcance. Não confie na sua capacidade de compreender suas instruções, especialmente em coisas que podem prejudicá-los. Eles podem não ter a capacidade física e mental que é necessário para lidar com estas situações.

Veja algumas fotos dos shih-tzu que tem essa anomalia genética:




Fonte: PetHelpful