Por que seu cão come sua própria fezes?



É normal o cachorro comer fezes?

Conhecido como coprofagia, este comportamento é muito frequente entre os cães. Comer fezes pode estar ligado a vários fatores: saúde, distúrbios emocionais, proteção, entre outros.

Esse comportamento é mais natural entre as cadelas, quando elas costumam ingerir as fezes do seu filhote para que os mesmos fiquem sempre limpinhos e, ao verem a mãe comendo suas fezes, os filhotes também podem acabar desenvolvendo este comportamento, mas conforme eles vão crescendo este comportamento pode sumir, ou não.

O problema é quando o cão adulto não larga este hábito e passa a comer, além das suas fezes, as fezes de outros cachorros também. Daí, a procura por um especialista é fundamental.

Os fatores psicológicos, como ansiedade, medo e estresse, e os fatores de saúde, como hiperatividade, déficit de atenção (sim, isso acontece com os cachorros também), problemas nutricionais e disfunções metabólicas, podem ser a causa deste comportamento.
O que o dono não pode fazer

Brigar. Alguns donos acabam ficando bravo com este tipo de comportamento e descontando nos cães. Essa atitude é muito negativa, pois seu cão vai associar as fezes como algo condenável e vai passar a comer mais ainda para esconder as provas do crime.

Outra possível razão para que os cães desenvolvam a coprofagia é o instinto protetor. Quando outro cão está doente, ou ele mesmo, o cão acaba comendo as fezes para que a matilha seja protegida e até mesmo o próprio cão doente.

Quando o cão sofre de fome, quando o cão é maltratado, mora na rua ou até mesmo vive em meio a dietas absurdas (no caso de cães obesos), ele sentirá muita vontade de comer, o que poderá ser passível de desenvolver a coprofagia.

Quais doenças são comuns em cães que desenvolvem a coprofagia?

Observe seu cão, se a coprofagia aparecer de repente é um sinal de que algo está errado. O aumento do apetite pode estar relacionado a distúrbios metabólicos que impedem o seu pet de absorver vitaminas e minerais necessários para uma boa saúde.

Além dos distúrbios, doenças como verminoses, pancreatites e problemas na produção de enzimas digestivas são as principais doenças que podem levar seu cão a desenvolver a coprofagia.

Busque uma orientação, investigação e exame médico completo. Leve-o para passear todos os dias, isso fará com que ele faça suas necessidades em locais apropriados. Faça carinho e mostre que essa é a escolha certa.

Se a atenção dele estiver voltada às fezes, procure chamar atenção do seu cachorro. Brinque, jogue bolinha e dê petisco. Faça tudo para desviar a atenção do pet.



FONTE:http://www.homeopet.com.br

É normal o cachorro comer fezes?

Conhecido como coprofagia, este comportamento é muito frequente entre os cães. Comer fezes pode estar ligado a vários fatores: saúde, distúrbios emocionais, proteção, entre outros.
Esse comportamento é mais natural entre as cadelas, quando elas costumam ingerir as fezes do seu filhote para que os mesmos fiquem sempre limpinhos e, ao verem a mãe comendo suas fezes, os filhotes também podem acabar desenvolvendo este comportamento, mas conforme eles vão crescendo este comportamento pode sumir, ou não.
O problema é quando o cão adulto não larga este hábito e passa a comer, além das suas fezes, as fezes de outros cachorros também. Daí, a procura por um especialista é fundamental.
Os fatores psicológicos, como ansiedade, medo e estresse, e os fatores de saúde, como hiperatividade, déficit de atenção (sim, isso acontece com os cachorros também), problemas nutricionais e disfunções metabólicas, podem ser a causa deste comportamento.

O que o dono não pode fazer

Brigar. Alguns donos acabam ficando bravo com este tipo de comportamento e descontando nos cães. Essa atitude é muito negativa, pois seu cão vai associar as fezes como algo condenável e vai passar a comer mais ainda para esconder as provas do crime.
Outra possível razão para que os cães desenvolvam a coprofagia é o instinto protetor. Quando outro cão está doente, ou ele mesmo, o cão acaba comendo as fezes para que a matilha seja protegida e até mesmo o próprio cão doente.
Quando o cão sofre de fome, quando o cão é maltratado, mora na rua ou até mesmo vive em meio a dietas absurdas (no caso de cães obesos), ele sentirá muita vontade de comer, o que poderá ser passível de desenvolver a coprofagia.
Quais doenças são comuns em cães que desenvolvem a coprofagia?
Observe seu cão, se a coprofagia aparecer de repente é um sinal de que algo está errado. O aumento do apetite pode estar relacionado a distúrbios metabólicos que impedem o seu pet de absorver vitaminas e minerais necessários para uma boa saúde.
Além dos distúrbios, doenças como verminoses, pancreatites e problemas na produção de enzimas digestivas são as principais doenças que podem levar seu cão a desenvolver a coprofagia.
Busque uma orientação, investigação e exame médico completo. Leve-o para passear todos os dias, isso fará com que ele faça suas necessidades em locais apropriados. Faça carinho e mostre que essa é a escolha certa.
Se a atenção dele estiver voltada às fezes, procure chamar atenção do seu cachorro. Brinque, jogue bolinha e dê petisco. Faça tudo para desviar a atenção do pet.
- See more at: http://www.homeopet.com.br/drhomeopet/por-que-seu-cao-come-sua-propria-fezes/#sthash.pdgpR36c.dpuf

É normal o cachorro comer fezes?

Conhecido como coprofagia, este comportamento é muito frequente entre os cães. Comer fezes pode estar ligado a vários fatores: saúde, distúrbios emocionais, proteção, entre outros.
Esse comportamento é mais natural entre as cadelas, quando elas costumam ingerir as fezes do seu filhote para que os mesmos fiquem sempre limpinhos e, ao verem a mãe comendo suas fezes, os filhotes também podem acabar desenvolvendo este comportamento, mas conforme eles vão crescendo este comportamento pode sumir, ou não.
O problema é quando o cão adulto não larga este hábito e passa a comer, além das suas fezes, as fezes de outros cachorros também. Daí, a procura por um especialista é fundamental.
Os fatores psicológicos, como ansiedade, medo e estresse, e os fatores de saúde, como hiperatividade, déficit de atenção (sim, isso acontece com os cachorros também), problemas nutricionais e disfunções metabólicas, podem ser a causa deste comportamento.

O que o dono não pode fazer

Brigar. Alguns donos acabam ficando bravo com este tipo de comportamento e descontando nos cães. Essa atitude é muito negativa, pois seu cão vai associar as fezes como algo condenável e vai passar a comer mais ainda para esconder as provas do crime.
Outra possível razão para que os cães desenvolvam a coprofagia é o instinto protetor. Quando outro cão está doente, ou ele mesmo, o cão acaba comendo as fezes para que a matilha seja protegida e até mesmo o próprio cão doente.
Quando o cão sofre de fome, quando o cão é maltratado, mora na rua ou até mesmo vive em meio a dietas absurdas (no caso de cães obesos), ele sentirá muita vontade de comer, o que poderá ser passível de desenvolver a coprofagia.
Quais doenças são comuns em cães que desenvolvem a coprofagia?
Observe seu cão, se a coprofagia aparecer de repente é um sinal de que algo está errado. O aumento do apetite pode estar relacionado a distúrbios metabólicos que impedem o seu pet de absorver vitaminas e minerais necessários para uma boa saúde.
Além dos distúrbios, doenças como verminoses, pancreatites e problemas na produção de enzimas digestivas são as principais doenças que podem levar seu cão a desenvolver a coprofagia.
Busque uma orientação, investigação e exame médico completo. Leve-o para passear todos os dias, isso fará com que ele faça suas necessidades em locais apropriados. Faça carinho e mostre que essa é a escolha certa.
Se a atenção dele estiver voltada às fezes, procure chamar atenção do seu cachorro. Brinque, jogue bolinha e dê petisco. Faça tudo para desviar a atenção do pet.
- See more at: http://www.homeopet.com.br/drhomeopet/por-que-seu-cao-come-sua-propria-fezes/#sthash.pdgpR36c.dpuf

É normal o cachorro comer fezes?

Conhecido como coprofagia, este comportamento é muito frequente entre os cães. Comer fezes pode estar ligado a vários fatores: saúde, distúrbios emocionais, proteção, entre outros.
Esse comportamento é mais natural entre as cadelas, quando elas costumam ingerir as fezes do seu filhote para que os mesmos fiquem sempre limpinhos e, ao verem a mãe comendo suas fezes, os filhotes também podem acabar desenvolvendo este comportamento, mas conforme eles vão crescendo este comportamento pode sumir, ou não.
O problema é quando o cão adulto não larga este hábito e passa a comer, além das suas fezes, as fezes de outros cachorros também. Daí, a procura por um especialista é fundamental.
Os fatores psicológicos, como ansiedade, medo e estresse, e os fatores de saúde, como hiperatividade, déficit de atenção (sim, isso acontece com os cachorros também), problemas nutricionais e disfunções metabólicas, podem ser a causa deste comportamento.

O que o dono não pode fazer

Brigar. Alguns donos acabam ficando bravo com este tipo de comportamento e descontando nos cães. Essa atitude é muito negativa, pois seu cão vai associar as fezes como algo condenável e vai passar a comer mais ainda para esconder as provas do crime.
Outra possível razão para que os cães desenvolvam a coprofagia é o instinto protetor. Quando outro cão está doente, ou ele mesmo, o cão acaba comendo as fezes para que a matilha seja protegida e até mesmo o próprio cão doente.
Quando o cão sofre de fome, quando o cão é maltratado, mora na rua ou até mesmo vive em meio a dietas absurdas (no caso de cães obesos), ele sentirá muita vontade de comer, o que poderá ser passível de desenvolver a coprofagia.
Quais doenças são comuns em cães que desenvolvem a coprofagia?
Observe seu cão, se a coprofagia aparecer de repente é um sinal de que algo está errado. O aumento do apetite pode estar relacionado a distúrbios metabólicos que impedem o seu pet de absorver vitaminas e minerais necessários para uma boa saúde.
Além dos distúrbios, doenças como verminoses, pancreatites e problemas na produção de enzimas digestivas são as principais doenças que podem levar seu cão a desenvolver a coprofagia.
Busque uma orientação, investigação e exame médico completo. Leve-o para passear todos os dias, isso fará com que ele faça suas necessidades em locais apropriados. Faça carinho e mostre que essa é a escolha certa.
Se a atenção dele estiver voltada às fezes, procure chamar atenção do seu cachorro. Brinque, jogue bolinha e dê petisco. Faça tudo para desviar a atenção do pet.
- See more at: http://www.homeopet.com.br/drhomeopet/por-que-seu-cao-come-sua-propria-fezes/#sthash.pdgpR36c.dpuf

É normal o cachorro comer fezes?

Conhecido como coprofagia, este comportamento é muito frequente entre os cães. Comer fezes pode estar ligado a vários fatores: saúde, distúrbios emocionais, proteção, entre outros.
Esse comportamento é mais natural entre as cadelas, quando elas costumam ingerir as fezes do seu filhote para que os mesmos fiquem sempre limpinhos e, ao verem a mãe comendo suas fezes, os filhotes também podem acabar desenvolvendo este comportamento, mas conforme eles vão crescendo este comportamento pode sumir, ou não.
O problema é quando o cão adulto não larga este hábito e passa a comer, além das suas fezes, as fezes de outros cachorros também. Daí, a procura por um especialista é fundamental.
Os fatores psicológicos, como ansiedade, medo e estresse, e os fatores de saúde, como hiperatividade, déficit de atenção (sim, isso acontece com os cachorros também), problemas nutricionais e disfunções metabólicas, podem ser a causa deste comportamento.

O que o dono não pode fazer

Brigar. Alguns donos acabam ficando bravo com este tipo de comportamento e descontando nos cães. Essa atitude é muito negativa, pois seu cão vai associar as fezes como algo condenável e vai passar a comer mais ainda para esconder as provas do crime.
Outra possível razão para que os cães desenvolvam a coprofagia é o instinto protetor. Quando outro cão está doente, ou ele mesmo, o cão acaba comendo as fezes para que a matilha seja protegida e até mesmo o próprio cão doente.
Quando o cão sofre de fome, quando o cão é maltratado, mora na rua ou até mesmo vive em meio a dietas absurdas (no caso de cães obesos), ele sentirá muita vontade de comer, o que poderá ser passível de desenvolver a coprofagia.
Quais doenças são comuns em cães que desenvolvem a coprofagia?
Observe seu cão, se a coprofagia aparecer de repente é um sinal de que algo está errado. O aumento do apetite pode estar relacionado a distúrbios metabólicos que impedem o seu pet de absorver vitaminas e minerais necessários para uma boa saúde.
Além dos distúrbios, doenças como verminoses, pancreatites e problemas na produção de enzimas digestivas são as principais doenças que podem levar seu cão a desenvolver a coprofagia.
Busque uma orientação, investigação e exame médico completo. Leve-o para passear todos os dias, isso fará com que ele faça suas necessidades em locais apropriados. Faça carinho e mostre que essa é a escolha certa.
Se a atenção dele estiver voltada às fezes, procure chamar atenção do seu cachorro. Brinque, jogue bolinha e dê petisco. Faça tudo para desviar a atenção do pet.
- See more at: http://www.homeopet.com.br/drhomeopet/por-que-seu-cao-come-sua-propria-fezes/#sthash.pdgpR36c.dpufghbhhh

É normal o cachorro comer fezes?

Conhecido como coprofagia, este comportamento é muito frequente entre os cães. Comer fezes pode estar ligado a vários fatores: saúde, distúrbios emocionais, proteção, entre outros.
Esse comportamento é mais natural entre as cadelas, quando elas costumam ingerir as fezes do seu filhote para que os mesmos fiquem sempre limpinhos e, ao verem a mãe comendo suas fezes, os filhotes também podem acabar desenvolvendo este comportamento, mas conforme eles vão crescendo este comportamento pode sumir, ou não.
O problema é quando o cão adulto não larga este hábito e passa a comer, além das suas fezes, as fezes de outros cachorros também. Daí, a procura por um especialista é fundamental.
Os fatores psicológicos, como ansiedade, medo e estresse, e os fatores de saúde, como hiperatividade, déficit de atenção (sim, isso acontece com os cachorros também), problemas nutricionais e disfunções metabólicas, podem ser a causa deste comportamento.

O que o dono não pode fazer

Brigar. Alguns donos acabam ficando bravo com este tipo de comportamento e descontando nos cães. Essa atitude é muito negativa, pois seu cão vai associar as fezes como algo condenável e vai passar a comer mais ainda para esconder as provas do crime.
Outra possível razão para que os cães desenvolvam a coprofagia é o instinto protetor. Quando outro cão está doente, ou ele mesmo, o cão acaba comendo as fezes para que a matilha seja protegida e até mesmo o próprio cão doente.
Quando o cão sofre de fome, quando o cão é maltratado, mora na rua ou até mesmo vive em meio a dietas absurdas (no caso de cães obesos), ele sentirá muita vontade de comer, o que poderá ser passível de desenvolver a coprofagia.
Quais doenças são comuns em cães que desenvolvem a coprofagia?
Observe seu cão, se a coprofagia aparecer de repente é um sinal de que algo está errado. O aumento do apetite pode estar relacionado a distúrbios metabólicos que impedem o seu pet de absorver vitaminas e minerais necessários para uma boa saúde.
Além dos distúrbios, doenças como verminoses, pancreatites e problemas na produção de enzimas digestivas são as principais doenças que podem levar seu cão a desenvolver a coprofagia.
Busque uma orientação, investigação e exame médico completo. Leve-o para passear todos os dias, isso fará com que ele faça suas necessidades em locais apropriados. Faça carinho e mostre que essa é a escolha certa.
Se a atenção dele estiver voltada às fezes, procure chamar atenção do seu cachorro. Brinque, jogue bolinha e dê petisco. Faça tudo para desviar a atenção do pet.
- See more at: http://www.homeopet.com.br/drhomeopet/por-que-seu-cao-come-sua-propria-fezes/#sthash.pdgpR36c.dpuf

É normal o cachorro comer fezes?

Conhecido como coprofagia, este comportamento é muito frequente entre os cães. Comer fezes pode estar ligado a vários fatores: saúde, distúrbios emocionais, proteção, entre outros.
Esse comportamento é mais natural entre as cadelas, quando elas costumam ingerir as fezes do seu filhote para que os mesmos fiquem sempre limpinhos e, ao verem a mãe comendo suas fezes, os filhotes também podem acabar desenvolvendo este comportamento, mas conforme eles vão crescendo este comportamento pode sumir, ou não.
O problema é quando o cão adulto não larga este hábito e passa a comer, além das suas fezes, as fezes de outros cachorros também. Daí, a procura por um especialista é fundamental.
Os fatores psicológicos, como ansiedade, medo e estresse, e os fatores de saúde, como hiperatividade, déficit de atenção (sim, isso acontece com os cachorros também), problemas nutricionais e disfunções metabólicas, podem ser a causa deste comportamento.

O que o dono não pode fazer

Brigar. Alguns donos acabam ficando bravo com este tipo de comportamento e descontando nos cães. Essa atitude é muito negativa, pois seu cão vai associar as fezes como algo condenável e vai passar a comer mais ainda para esconder as provas do crime.
Outra possível razão para que os cães desenvolvam a coprofagia é o instinto protetor. Quando outro cão está doente, ou ele mesmo, o cão acaba comendo as fezes para que a matilha seja protegida e até mesmo o próprio cão doente.
Quando o cão sofre de fome, quando o cão é maltratado, mora na rua ou até mesmo vive em meio a dietas absurdas (no caso de cães obesos), ele sentirá muita vontade de comer, o que poderá ser passível de desenvolver a coprofagia.
Quais doenças são comuns em cães que desenvolvem a coprofagia?
Observe seu cão, se a coprofagia aparecer de repente é um sinal de que algo está errado. O aumento do apetite pode estar relacionado a distúrbios metabólicos que impedem o seu pet de absorver vitaminas e minerais necessários para uma boa saúde.
Além dos distúrbios, doenças como verminoses, pancreatites e problemas na produção de enzimas digestivas são as principais doenças que podem levar seu cão a desenvolver a coprofagia.
Busque uma orientação, investigação e exame médico completo. Leve-o para passear todos os dias, isso fará com que ele faça suas necessidades em locais apropriados. Faça carinho e mostre que essa é a escolha certa.
Se a atenção dele estiver voltada às fezes, procure chamar atenção do seu cachorro. Brinque, jogue bolinha e dê petisco. Faça tudo para desviar a atenção do pet.
- See more at: http://www.homeopet.com.br/drhomeopet/por-que-seu-cao-come-sua-propria-fezes/#sthash.pdgpR36c.dpuf

É normal o cachorro comer fezes?

Conhecido como coprofagia, este comportamento é muito frequente entre os cães. Comer fezes pode estar ligado a vários fatores: saúde, distúrbios emocionais, proteção, entre outros.
Esse comportamento é mais natural entre as cadelas, quando elas costumam ingerir as fezes do seu filhote para que os mesmos fiquem sempre limpinhos e, ao verem a mãe comendo suas fezes, os filhotes também podem acabar desenvolvendo este comportamento, mas conforme eles vão crescendo este comportamento pode sumir, ou não.
O problema é quando o cão adulto não larga este hábito e passa a comer, além das suas fezes, as fezes de outros cachorros também. Daí, a procura por um especialista é fundamental.
Os fatores psicológicos, como ansiedade, medo e estresse, e os fatores de saúde, como hiperatividade, déficit de atenção (sim, isso acontece com os cachorros também), problemas nutricionais e disfunções metabólicas, podem ser a causa deste comportamento.

O que o dono não pode fazer

Brigar. Alguns donos acabam ficando bravo com este tipo de comportamento e descontando nos cães. Essa atitude é muito negativa, pois seu cão vai associar as fezes como algo condenável e vai passar a comer mais ainda para esconder as provas do crime.
Outra possível razão para que os cães desenvolvam a coprofagia é o instinto protetor. Quando outro cão está doente, ou ele mesmo, o cão acaba comendo as fezes para que a matilha seja protegida e até mesmo o próprio cão doente.
Quando o cão sofre de fome, quando o cão é maltratado, mora na rua ou até mesmo vive em meio a dietas absurdas (no caso de cães obesos), ele sentirá muita vontade de comer, o que poderá ser passível de desenvolver a coprofagia.
Quais doenças são comuns em cães que desenvolvem a coprofagia?
Observe seu cão, se a coprofagia aparecer de repente é um sinal de que algo está errado. O aumento do apetite pode estar relacionado a distúrbios metabólicos que impedem o seu pet de absorver vitaminas e minerais necessários para uma boa saúde.
Além dos distúrbios, doenças como verminoses, pancreatites e problemas na produção de enzimas digestivas são as principais doenças que podem levar seu cão a desenvolver a coprofagia.
Busque uma orientação, investigação e exame médico completo. Leve-o para passear todos os dias, isso fará com que ele faça suas necessidades em locais apropriados. Faça carinho e mostre que essa é a escolha certa.
Se a atenção dele estiver voltada às fezes, procure chamar atenção do seu cachorro. Brinque, jogue bolinha e dê petisco. Faça tudo para desviar a atenção do pet.
- See more at: http://www.homeopet.com.br/drhomeopet/por-que-seu-cao-come-sua-propria-fezes/#sthash.pdgpR36c.dpuf