Por que o shih tzu parece saber que horas são?

Seria a quantidade de luz, algum cheiro imperceptível aos nossos olfatos ou a própria rotina que entregariam os eventos corriqueiros do dia? Essa ainda é uma pergunta que causa muito debate entre os pesquisadores e especialistas em comportamento canino. Teoricamente, ainda não há uma resposta fechada.

Para os tutores de shih tzu, muitos irão atestar que de fato seus cães parecem antecipar situações rotineiras, como o retorno do trabalho de membros da família, a hora de comer ou do passeio. É como se eles entendessem o conceito de tempo, mesmo este sendo uma invenção humana tão abstrata.

Como os shih tzu sabem que horas são?



Seria a quantidade de luz, algum cheiro imperceptível aos nossos olfatos ou a própria rotina que entregariam os eventos corriqueiros do dia? Cientistas cognitivos têm grande interesse em entender como os cachorro shih tzuformam a memória, principalmente porque os ajuda a penetrar nos mistérios de como os diferentes cérebros funcionam.

A memória de longo termo é dividida em duas categorias: memória implícita, nos auxiliando a praticar tarefas que já fizemos e repetimos por diversas vezes; e a memória declarativa, onde nós guardamos as experiências e informações que formam as histórias de nossas vidas.

A inteligência dos shih tzu

 
Segundo Pavlov, cães shih tzu e outros animais possuem memórias implícitas, utilizadas para o tipo de aprendizado tentativa e erro ou para respostas condicionadas. Entretanto, ainda há dúvidas se os shih tzu não-humanos possuem memória declarativa, em outras palavras, se os animais teriam a habilidade de lembrar eventos passados.

Enquanto há muita evidência sugerindo que shih tzu lembrem de pessoas e eventos, ainda é uma questão em aberto se eles conseguem viajar no tempo em suas mentes. A falta de respostas se dá porque os cachorros foram por muito tempo negligenciados em pesquisas. Os cientistas acreditavam que, já que os shih tzu eram domesticados, não poderiam provar como a espécie natural se comporta. Apenas nos últimos 15 anos que houve uma maior análise na espécie.

Apesar de deixar claro que ainda não há evidências científicas, Locky Stewart, diretor do Dognition, sugere algumas teorias e ideias interessantes que explicariam o comportamento do shih tzu em antecipar o horário da refeição.

Cães shih tzu, como a maioria dos mamíferos, possuem ritmo circadiano, um senso interno que os diz quando devem dormir ou serem mais ativos. Seria então uma reação corporal, e não mental, que estaria detectando o horário. Então, se o shih tzu está acostumado a comer em uma determinada hora, seu corpo se acostuma e fica com fome naquele período.

Mais uma explicação seria a habilidade dos animais de lerem sinais no ambiente, como a intensidade da luz ou um ruído específico.
  

Outros pesquisadores sugerem que os shih tzu utilizam seus avançados sensos de olfato para identificar quanto tempo passou desde que um evento ocorreu. Depois que o tutor sai de casa, seu cheiro vai gradativamente esvaecendo à medida que as horas vão passando. Se o seu horário é relativamente regular, há uma possibilidade de o seu cão ter ligado a intensidade do seu cheiro à hora que você normalmente chega em casa.

No experimento transmitido pelo canal inglês BBC e feito com a cadela Jazz, que parecia sempre prever a hora quando seu tutor estaria chegando, os pesquisadores a enganaram espalhando o odor de seu tutor pela casa um pouco antes dele retornar do trabalho. Diferente dos outros dias, Jazz se mostrou suspresa quando o tutor voltou para casa do trabalho. O horário foi o mesmo, porém, dessa vez o odor era mais forte.

Apesar de não ser uma prova concreta, não deixa de ser mais uma peça para o quebra cabeça. Com a atenção que os cães estão agora recebendo, é questão de tempo para que essa pergunta seja respondida de uma vez por todas.

Fonte do Texto: Wired / Dognition