9 Mentiras e 1 Verdade sobre o seu SHIH-TZU

Compreender os comportamentos únicos, característicos e por vezes confusos dos nossos SHIH-TZU é muito importante para auxiliar na nossa capacidade de possuir, entender e cuidar destes animais tão especiais da forma mais correta possível.

Mas, às vezes, as coisas que lemos e ouvimos sobre os SHIH-TZU– principalmente na internet – não são totalmente verdadeiras. Pelo contrário: há muitos mitos que precisam ser esclarecidos para o bem da nossa relação com eles.

Nesta lista, você vai encontrar 10 mentiras comuns que a maioria de nós já ouviu e sempre acreditou ser verdade sobre o melhor amigo do homem – desde coisas biológicas até fatores comportamentais dos PETS que a maioria das pessoas, até mesmo aquelas apaixonadas por SHIH-TZU, desconhece.

1. Eles não enxergam cores



Você provavelmente já ouviu pelo menos uma vez em sua vida que os SHIH-TZU não enxergam cores, o que significaria que eles só seriam capazes de perceber as coisas em preto e branco. Isto é, na verdade, apenas um mito. Embora a visão de um cão não lhe permita experimentar as cores da maneira que nós experimentamos, eles são capazes de ver algumas cores.

2. Quando eles abanam o rabo, significa que eles estão felizes



Esta não é inteiramente falsa. Quando um SHIH-TZU abana o rabo, isso pode de fato indicar felicidade. No entanto, nem sempre é este o caso. Ao contrário dos humanos, os SHIH-TZU não expressam emoções através de suas expressões faciais. Eles usam suas caudas para isso. A principal função da cauda de um cão é a comunicação. Na verdade, aprender o que diferentes movimentos indicam poderia ajudar os donos a compreender melhor o seu animal de estimação.

3. Quanto maiores eles forem, mais tempo de vida eles vão ter


Na verdade, geralmente o oposto é o que de fato acontece. Embora a média de vida de raças com cães pequenos, como o SHIH-TZU, seja de cerca de 14 a 15 anos, a média de vida de raças maiores, como o Malamute do Alasca, é apenas de 8 a 10 anos. Este tempo de vida diminui ainda mais para as raças “gigantes”, como o São Bernardo, que possuem uma expectativa de vida média de apenas 5 a 8 anos.

4. Eles não podem ver TVs de tela plana



Pensa-se frequentemente que os cães são completamente incapazes de perceber as imagens em uma TV de tela plana, devido à sua experiência diferente de visão. No entanto, este não é exatamente o caso.

As antigas TVs de tubo produziam imagens em cerca de 24 quadros por segundo, o que, para nós, parecem imagens em movimento. Isso porque nós temos uma frequência crítica de fusão de luz vacilante (o número de quadros que precisamos ver em um segundo para perceber um filme como algo contínuo, e não um grande conjunto de imagens paradas) de cerca de 16 a 20 quadros por segundo.

5. Você deve despertá-los se achar que eles estão tendo um pesadelo



Se os SHIH-TZU sonham ou não ainda é uma questão em aberto. Embora ainda não exista uma resposta definitiva, as evidências apontam fortemente na direção que sim, eles sonham. Os SHIH-TZU passam pelo sono REM (movimento rápido dos olhos), que é o tipo de sono que temos quando estamos sonhando.

6. Se seus narizes estão molhados, eles estão saudáveis



Na verdade, um SHIH-TZU com um nariz quente e seco pode ser tão saudável quanto aquele cujo nariz está frio e úmido. A temperatura e umidade do nariz de um SHIH-TZU muda dia após dia. Isto pode ser devido à sua atividade recente, ao meio ambiente, ou possivelmente a outros fatores.

7. Bacon não irá prejudicá-los



Embora seja do conhecimento comum que os SHIH-TZU não devem ingerir chocolate e outras guloseimas, muitas pessoas não sabem que muitos outros produtos alimentares humanos podem prejudicar cães também. Talvez o mais chocante nesta lista proibida seja o bacon.

8. Eles gostam de ser abraçados



Este fato é um pouco difícil de ser aceito pelos amantes de SHIH-TZU. Entre os seres humanos, um abraço é um gesto amoroso e reconfortante de carinho. Transferir este comportamento para os nossos cães é apenas a nossa forma de mostrar-lhes que nós gostamos muito deles.

No entanto, os SHIH-TZU não interpretam este ato da mesma forma que nós. Para os cães, o posicionamento de um membro sobre o corpo significa uma posição dominante, o que deixa os cachorros que ficam abaixo de membros como os nossos braços se sentindo ansiosos. Esta é a ação que usamos quando estamos abraçando. Em nossa tentativa de mostrar o nosso carinho pelo nosso amigo, na verdade estamos retratando o nosso domínio no ponto de vista dele.

9. Os SHIH-TZU comem grama quando estão doentes



É comum que as pessoas pensem que o único propósito de cães comerem grama é uma tentativa deles ficarem doentes de propósito, a fim de expurgar algo prejudicial de seus estômagos. Na realidade, este raramente é o caso. De acordo com as pesquisas, menos de 10% dos SHIH-TZU que comem grama parecem estar doentes.

10. Os SHIH-TZU sabe quando o dono está triste ou deprimido? Verdade.


Sim, O SHIH-TZU é especialista em detectar mudanças na expressão, no tom de voz, no cheiro e na atitude humanas. Estudos já comprovaram, mas mesmo sem estudo algum, eu sou a prova viva do quanto eles sabem quando estamos tristes.

Quando voltei do enterro de minha TIA, minha SHIH-TZU NINA era bebezona e pulava em cima de todo mundo, quando chegávamos em casa.

Naquele dia, ela veio correndo e parou quando nos viu entrar tão tristes. Durante uma semana se comportou assim, sabendo, reconhecendo nossa tristeza.

Fonte: Hype Science via Listverse