Shih Tzu com Giárdia: saiba como evitar - Shih Tzu Brasil Pular para o conteúdo principal

Shih Tzu com Giárdia: saiba como evitar

Shih Tzu com Giárdia: Quem tem um shih tzu, sabe quão importante é zelar pela sua saúde. É preciso sempre estar atento aos sinais de anormalidade que o bichinho demonstra, afinal, é uma vida que precisa de cuidado tanto quanto qualquer outra.

Neste post, vamos explicar sobre a giárdia em shih tzu, uma verminose rotineira que, apesar de subestimada, pode causar muitos problemas ao animal e a seus donos. Acompanhe!

O que é a giárdia?


Giárdia sp ou G lamblia ou G duodenalis, é um protozoário que vive no intestino delgado de cães e gatos. Quando há a infecção por giárdia, o cão ou gato contrai giardíase.

Os animais se contaminam ao ingerir a giárdia na forma de oocistos (ovos do parasita). Sendo assim, a taxa de infecção é mais alta nas áreas com maior número de animais.

Como a doença é transmitida?


Como citado anteriormente, a giárdia em shih tzu é transmitida por meio da ingestão do oocisto da giárdia. Um animal contaminado defeca os oocistos e estes deverão ser ingeridos para que a infecção ocorra, ou seja, sua disseminação é fecal-oral.

Os oocistos da giárdia são resistentes, o que, em conjunto com seu ciclo de vida simples e a capacidade de sobreviver por meses em locais úmidos, torna a infecção uma das doenças predominantes em mamíferos, especialmente nos mais jovens que têm sistema imunológico frágil.

Quais são os sintomas da giárdia em shih tzu?


Fique alerta se o seu shih tzu apresentar os seguintes sintomas: diarreia mal cheirosa aguda ou crônica, vômito, dor abdominal, desidratação, perda de peso e apatia.

A diarreia, por comprometer a digestão e a absorção de nutrientes, causa perda proteicas e de peso, fatores que podem levar até mesmo ao óbito. As fezes costumam ser pálidas ou enegrecidas, fétidas, pastosas, aquosas ou até mesmo hemorrágicas.

É importante lembrar que em muitos casos a doença é assintomática, ou seja, não apresenta sintomas. Além disso, seus sintomas se assemelham a outras doenças intestinais e alergias de origem alimentar, por isso, é de extrema importância o diagnóstico de um profissional qualificado.

Como a giardíase é diagnosticada?


Se o seu shih tzu apresentar alguns desses sintomas, o veterinário pode identificar a giárdia com a examinação microscópica das fezes do animal.

Como o protozoário é muito pequeno e não aparece em todas as fezes, é necessário realizar testes em amostras coletadas em dias alternados ao longo de uma semana.

A giárdia em shih tzu pode contaminar as pessoas?


De acordo com a Organização Mundial da Saúde, uma média de 250 milhões de pessoas apresentam giardíase na forma sintomática, ou seja, essa doença possui potencial zoonótico (pode ser transmitida para seres humanos).

Por ocorrer em animais de estimação, o contato pode ser, sim, uma fonte de infecção para os seres humanos e, por isso, é tão importante a prevenção e o tratamento adequado em animais já contaminados.

Como curar e evitar a giárdia no shih tzu?


O tratamento é simples, feito com o uso de antibióticos e vermífugos. Mas não esqueça que todo medicamento deve ser receitado por um veterinário! Já as medidas higiênico-sanitárias ajudam a diminuir a transmissão fecal-oral.

Nos ambientes frequentados por animais já contaminados, é importante realizar uma higienização química, com composto de amônio, água sanitária, vapor e água fervente, para eliminar os cistos.

Outra possibilidade é a vacinação, que reduz a incidência da doença. Por fim, fique de olho em creches ou hotéis para animais. Um lugar sério pedirá um exame de fezes para minimizar os riscos de ocorrência de giárdia em cães.

Texto:vetquality
Tabela

Recomendamos