Shih Tzu é encontrado com pelo tão emaranhado que suas patas estavam presas às orelhas - Tudo sobre shih tzu Pular para o conteúdo principal

Shih Tzu é encontrado com pelo tão emaranhado que suas patas estavam presas às orelhas

O estado do shih tzu era tão deplorável que na hora que o viram não souberam dizer que bicho era.

Ele estava com o pelo tão emaranhado que suas patas estavam presas às orelhas, nem sequer conseguia andar direito.

Foi encontrado jogado na rua, estava imóvel e a primeira impressão é que não estava vivo, era apenas um bolo de pelos jogados. Nem sequer dava para definir que espécie de animal era.
O cão da raça shih tzu, com sei anos de idade, estava irreconhecível. Seu estado era tão deplorável que o pelo ao redor dos olhos começou a se desprender de sua pele.

Pelo estado como foi encontrado, eles acreditam que o shih tzu passou anos sem receber cuidados. Após o resgate, ele foi imediatamente levado ao veterinário.

O estado era tão deplorável que o shih tzu teve que ser sedado para fosse realizada a tosa. O shih tzu recebeu o nome de Soldado.

Os nós eram tantos, e tão embolados, que estavam arrancando a pele ao redor dos olhos. Além disso, suas patas da frente estavam presas nas orelhas.

“Acreditamos que ele tenha sido abandonado ou fugiu de uma casa bem próxima, pois nas condições que ele estava não conseguiria andar muito e não poderia ter vindo de longe”, afirmou a inspetora-chefe da RSPCA, Heidi Jenner.

Soldado foi sedado para a realização da delicada tarefa de remover os pelos e aliviar sua dor, Jenner, disse: “Esse pobre cão deve ter ficado sem qualquer cuidado nos pelos por meses para entrar em tal estado”.

“Com certeza eu posso dizer que este é o pior caso de pelos emaranhados que eu já vi”. Quando você vê as fotos do pequeno cão pela primeira vez, não consegue nem dizer que ele é um cachorro, muito menos de que raça ele é.

Depois de passar por cuidados e se recuperar, o pequeno Soldado foi adotado e ganhou um novo lar.



“Permitir que um animal entre nessa condição é absolutamente chocante – não há desculpa para isso”. A RSPCA está investigando o caso para chegar nos culpados pelos maus tratos a esse animal.

Após ser tosado, o cãozinho ficou internado por alguns dias para receber cuidados veterinários e se recuperar. Logo após ele foi adotado e já se encontra em novo lar, onde está recebendo todo carinho e atenção que merece.
Tabela

Recomendamos