'Queria que Deus tocasse no coração dele', diz dona de shih tzu furtadas por homem - Shih Tzu Brasil Pular para o conteúdo principal

'Queria que Deus tocasse no coração dele', diz dona de shih tzu furtadas por homem

Câmeras de segurança flagraram o momento em que motorista para carro e leva as duas cachorras da raça shih-tzu. Crime aconteceu na sexta-feira.
Uma família procura por duas cachorras da raça shih-tzu furtadas por um homem que passava de carro pela Rua Amácio Mazaropi, no bairro Adelino Simioni, em Ribeirão Preto (SP). O crime foi registrado por câmeras de seguranças de uma casa.

A telefonista Camila Maria de Mello é a dona de Cherry, de 11 anos, e de Shalon, de quatro anos. Ela não parou de procurar as cadelas desde que foram levadas, na sexta-feira. A vítima conta que deu falta dos animais pouco depois que a filha chegou em casa.

“Como elas dormem lá dentro, eu vim aqui fora para abrir a porta para entrarem. Quando abri, elas não estavam.

Eu peguei o carro, já saí procurando. Procurei sexta-feira e sábado, mas quando foi no domingo, meu filho conseguiu as imagens pra poder ver e ter certeza que a gente não ia encontrá-las”, explica Camila.

O circuito mostra o momento em que as duas shih-tzu e um outro cachorro brincam na rua. Às 21h09, um carro se aproxima, para perto dos shih tzu e abre a porta.

Em menos de um minuto, o motorista pega uma das cadelas e a puxa para dentro do veículo. Na sequência, a outra cachorra entra por conta própria, seguindo a companheira.

“Ele não tinha a intenção de devolver, eu acho. Na hora que parou tinha três cachorrinhos. Se ele estivesse na intenção de socorrer, porque pegou só as de raça e deixou a vira-latinha? Ele fechou a porta e o vira-lata até correu um pouquinho atrás da caminhonete”, diz Camila.

A mulher explica ainda que os shih tzu estavam acostumados a brincar fora de casa, mas sempre acompanhados de alguém da família. A preocupação agora, além de recuperá-los, é com a saúde deles, principalmente com a Shalon.

Chalon de 11 anos (à esquerda na foto) e Cherry de quatro anos (à direita) em Ribeirão Preto, SP — Foto: Reprodução/Arquivo pessoal Chalon de 11 anos (à esquerda na foto) e Cherry de quatro anos (à direita) em Ribeirão Preto, SP

“Ela sofreu um acidente nas vistas e o olhinho saltou para fora. Com isso, fez uma cirurgia para voltar o olho para dentro. 

Ela necessita de pingar um colírio. Ela não enxerga 100% e, se ressacar, pode vir a ter que tirar o olhinho e deixar só o buraco. Se sentar bicho ali acabou, perdeu todinha a cirurgia dela”, diz Camila.

Enquanto isso, Sara e Jade, outras cachorras que vivem na casa da família esperam a volta das companheiras. Emocionada, a ‘mãe’ dos shih tzu faz um apelo.

“A gente queria que Deus tocasse no coração dele, dá pra ver nitidamente na imagem que é um homem, para ele devolver as minhas shih tzu”.

Via:G1
Tabela

Recomendamos