SHIH TZU COM SÍNDROME DO VÔMITO BILIOSO - CUIDADO! - Shih Tzu Brasil Pular para o conteúdo principal

SHIH TZU COM SÍNDROME DO VÔMITO BILIOSO - CUIDADO!

Muitos, leitores procuram porque seu SHIH TZU está apresentando a Síndrome do Vômito Bilioso.  É aquele peludo que vira e mexe apresenta de manhã ou de madrugada um vômito SEM alimento, com secreção gástrica (“espuminha”) e bile (que deixa o vômito amarelado ou alaranjado).

Os shih tzu são os cães mais comumente afetados com tendência a ter o estômago sensível. Mas acontece em cães de outras raças, inclusive SRDs. Apesar do nome assustador, este é um problema benigno e de solução geralmente tranquila.

A principal causa da Síndrome do Vômito Bilioso é o tempo de jejum prolongado. O trato digestório de alguns shih tzu não tolera passar 8-12h sem digerir nada.
A bile, que participa do processo de digestão, vai se acumulando, acumulando, e acaba derramando no duodeno e/ou estômago. A mucosa desprotegida (porque não há alimento sendo digerido) sofre irritação da bile, que possui um pH bastante alcalino, e com isso o shih tzu vomita secreção gástrica biliosa.

O tratamento geralmente consiste em fracionar o total diário de alimento em 3 a 4 pequenas refeições diárias, servindo a última porção antes do shih tzu dormir e a primeira bem cedo, assim que ele acorda.

No lugar de uma refeição pode ser oferecido uma porção morna de caldo caseiro de ossos de frango que é um alimento suave, que nutre e repara a mucosa gastrintestinal.

Como preparar o caldo caseiro de ossos de frango PARA CACHORRO


Encha uma panela bem grande com bastante água de boa qualidade. O ideal é usar água filtrada ou mineral com pH acima de 6.5 (acima de 7.0 seria melhor). Para descobrir o pH consulte as informações no rótulo da garrafa. O volume de água a adicionar depende de quanto caldo você pretende preparar. Pode-se preparar um pouco, por exemplo, 500ml ou 1 litro e armazenar em geladeira por até três dias para ir oferecendo, ou fazer logo de uma vez dois, três ou até cinco litros, porcionar em potinhos menores e congelar por até 3 meses. As propriedades do caldo não são afetadas pelo congelamento. Pode ser uma boa ideia estocar alguns potinhos de caldo se você tem um SHIH TZU que costuma passar por episódios esporádicos de gastrite, enterite ou qualquer condição que resulta em falta de apetite ou dificuldades digestivas.

Não use a panela de pressão para preparar o caldo queremos cozinhar lentamente, em temperaturas amenas, justamente para dar tempo dos nutrientes dos ossos saturarem a água e formarem o caldo

Super importante: fuja daqueles caldos industrializados em formato de quadradinhos. São bombas de sódio e aditivos potencialmente prejudiciais à saúde, como o glutamato monossódico.

Assim que a água começa a ferver, pode surgir uma camada de espuma na superfície. Remova essa espuma com auxílio de uma escumadeira. De acordo com a culinarista Pat Feldman, essa espuma concentra eventuais toxinas presentes na carne e ossos e pode comprometer o cheiro e sabor do caldo.

Dentro de aproximadamente 4 horas de cozimento a carne se desprende dos ossos e você pode removê-la e armazená-la para usar na porção de carnes da dieta do seu shih tzu, ou destiná-la a outros propósitos.

Não existe quantidade ideal, vai muito de cada caso. Abaixo, algumas sugestões:


• 50ml por vez, 2-4 vezes ao dia, para cães de porte miniatura e gatos
• 100ml por vez, 2-4 vezes ao dia, para cães de porte pequeno e gatos
• 150ml por vez, 2-4 vezes ao dia, para cães de porte médio
• 250ml por vez, 2-4 vezes ao dia, para cães de porte grande
• 300ml por vez, 2-4 vezes ao dia, para cães de porte gigante


ATENÇÃO:Por mais nutritivo que seja, o caldo não substitui uma dieta balanceada e pode ser servido em caráter de exclusividade por no máximo 3 dias.

Trocar a ração (alimento seco, industrializado, preparado com farinhas) por uma dieta natural sem excesso de gorduras e fibras e triturada em processador ou mixer, também costuma ajudar demais.

A persistir o quadro, a veterinária de confiança deve ser consultada para investigação de outras causas de vômito crônico, como intolerância a algum alimento, presença de “corpo estranho” (obstrução gastrintestinal por um objeto ingerido), reação adversa a algum medicamento (antibióticos, quimioterápicos e anti-inflamatórios podem causar gastrite), verminose, doença inflamatória gastrintestinal crônica, renal, hepática, pancreatite ou hipoadrenocorticismo (doença de Addison).

Por favor, use sempre o bom senso: se seu SHIH TZU continua a passar mal, não hesite em consultar o médico-veterinário de sua confiança.

Via: cachorroverde
Tabela

Recomendamos