Homem é Preso após ser Filmado afogando e espancando Shih Tzu em Araguari - Shih Tzu Brasil Pular para o conteúdo principal

Homem é Preso após ser Filmado afogando e espancando Shih Tzu em Araguari

 Cenas de maus-tratos foram filmadas e denunciadas por uma vizinhas, que acabou ficando com a vítima. Agressor coloca o SHIH TRU de ponta-cabeça dentro de um balde, além de espancá-lo

Um homem de 38 anos foi preso nessa segunda-feira após ser filmado por uma vizinha enquanto praticava maus-tratos contra o seu cachorro de estimação, da raça shih-tzu. 

O crime aconteceu em Araguari, no Triângulo Mineiro.

Pelas imagens, é possível ver que o agressor aparece colocando por alguns instantes o animal de ponta-cabeça dentro de um balde cheio d'água, além de desferir pauladas e socos contra ele. 

Conforme a testemunha contou à Polícia Militar, os crimes vêm acontecendo há algum tempo.

Quando os militares chegaram à casa, que fica localizada na rua Cesário Alvim, no bairro Rosário, o cão estava tremendo de frio e bastante assustado, porém, não apresentava lesões aparentes.

Segundo o boletim de ocorrência, o shih-tzu ficou sob os cuidados da vizinha que denunciou os maus-tratos. 

O homem foi detido em flagrante e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil do município, juntamente com um pedaço de madeira apreendido que, supostamente, foi usado nas agressões.

Lei Sansão

A“Lei Sansão”, em homenagem a um cachorro que teve as patas traseiras decepadas em Confins, na região metropolitana de Belo Horizonte. 

A proposição altera a Lei de Crimes Ambientais, de 1998, e estabelece pena de reclusão de dois a cinco anos, multa e proibição de guarda do animal, para quem abusa, fere ou mutila cães e gatos.

Se houver flagrante, o agressor é levado para a prisão. A autoria é do deputado federal mineiro Fred Costa (Patriota),

A depositária, Ana Paula, mostrou em vídeo que cachorro recebeu atendimento veterinário, recebeu medicação e banho. “Está super feliz e fez amigos na nova casa. Resgatado por maus tratos, não sofre mais”, afirmou.

Via: otempo

Recomendamos