Mulher de idoso Agredido diz que Lázaro matou o seu Cachorro com Facão - Shih Tzu Brasil Pular para o conteúdo principal

Mulher de idoso Agredido diz que Lázaro matou o seu Cachorro com Facão

 A mulher de um idoso agredido a golpes de machado por Lázaro Barbosa, de 32 anos, suspeito de fazer chacina em Ceilândia (DF), contou que ele matou o cachorro da família com um facão e ameaçou matar quatro pessoas que estavam na chácara durante uma invasão, em abril do ano passado, em Santo Antônio do Descoberto, em Goiás (veja acima).

Lázaro Barbosa agrediu todos os idosos a golpe de machados. Um deles ficou com uma sequela física após ser golpeado na cabeça e mexe apenas os olhos.

A vítima preferiu não se identificar pelo trauma que ficou depois da invasão, mas detalhou falas do suspeito durante o roubo. 

Depois de levar os idosos para um quarto, ele disse que "tinha noite toda para matar" e que não estava com pressa, por saber que poucas pessoas viviam naquela região.

"Ele falou assim: 'tenho a noite toda pra poder fazer o que eu vim fazer e eu não tenho pressa porque eu sei que aqui não vem ninguém, só vem gente final de semana. Então vocês se acomodem aí no quarto porque eu vou demorar, eu não tenho pressa não. Mas eu vou matar todo mundo'", detalhou a mulher.

Atualmente, a mulher mora no Distrito Federal. Naquela época, a Polícia Civil indiciou Lázaro Barbosa pelos crimes de roubo mediante restrição de liberdade das vítimas, emprego de arma branca e por tentativa de latrocínio.

Segundo o relato da idosa, as pessoas que estavam na chácara não perceberam a chegada de Lázaro e foram surpreendidas com ele já dentro da casa, apontando um facão para o pescoço do marido dela.

"Quando a gente viu, ele já estava numa gravata com meu marido e um facão no pescoço dele e dizendo: 'perdeu, perdeu'. Ele foi muito agressivo. Falava o tempo todo que ia matar a gente", recordou.

Via: G1

Recomendamos