Pular para o conteúdo principal

Atenção Donos de: shih tzu, pug, pequinês e buldogues

Essas raças acima citadas possuem uma característica em comum, você sabe qual é? Possuem cabeça arredondada e focinho curto, mais conhecidos como braquicefálicos. 

Esses animais possuem algumas características que merecem cuidados especiais para que eles possam ter qualidade de vida.

Excesso de prega nasal que podem predispor a infecções dermatológicas;

Órbita ocular curta: olhos mais proeminentes, tendo mais chances de infeccionar. Não conseguem fechar as pálpebras de maneira certa, então os olhos não são lubrificados corretamente e pode entrar mais sujidades;

Ductos nasolacrimais tortuosos que podem predispor á lágrima marrom , mais conhecida como lágrima ácida, que na verdade não é ácida, mas é popularmente conhecida assim devido á assadura que causa na região abaixo dos olhos;

São prognatas (mandíbula mais pra frente do que maxilar): predispondo a problemas de mastigação, pois não utilizam dentes da frente, comem mais rápido, engasgam mais, e engolem o alimento sem mastigar, então até a digestão é prejudicada.

Além dos problemas respiratórios. Não entra muito ar nas narinas, a respiração é curta e muitas vezes pode faltar oxigênio. E com a dificuldade para respirar passam a respirar com a boca aberta.

 Essas raças possuem predisposição á hipertermia, aumento da temperatura, e quando isso acontece, tudo no organismo muda: frequência cardíaca, frequência respiratória, podem até ter alterações neurológicas.

Nessa altura você pode estar pensando que deveria ter escolhido outra raça,não é mesmo? 

Mas calma, todas as raças possuem predisposição á algumas doenças, por isso o que você precisa é saber como prevenir tudo isso.

Para prevenir a infecção nos olhos deve se fazer a limpeza, pra saber qual produto usar, e qual frequência limpar, volte 2 matérias, pois escrevi uma mostrando timtim por tim de como cuidar da limpeza dos olhos e das orelhas também. 

Para prevenir a hipertermia veja o vídeo a seguir, são orientações que podem salvar a vida do seu pet.

Em uma matéria não é possível colocar todos os cuidados preventivos, por isso se você quer saber como prevenir as doenças que a raça do seu pet é predisposta e receber orientações pra que ele possa viver mais e melhor gastando menos, entre em contato pelo direct no Instagram @larissameurer.

(*) Dra. Larissa Meurer é médica veterinária com 5 anos de experiência clínica. Especializada em Prevenção e profissional no atendimento domiciliar. Trabalha realizando treinamentos de equipe em pet shops com foco em prevenção. 

E também realizando consultas, exames e vacinas em domicílio com objetivo de aumentar o tempo de vida dos animais e trazendo ainda mais qualidade de vida aos pets e consequentemente pra toda família de seus pacientes.

Essas raças acima citadas possuem uma característica em comum, você sabe qual é? Possuem cabeça arredondada e focinho curto, mais conhecidos como braquicefálicos. 

Esses animais possuem algumas características que merecem cuidados especiais para que eles possam ter qualidade de vida.

Veja só algumas dessas características:

Excesso de prega nasal que podem predispor a infecções dermatológicas;

Órbita ocular curta: olhos mais proeminentes, tendo mais chances de infeccionar. Não conseguem fechar as pálpebras de maneira certa, então os olhos não são lubrificados corretamente e pode entrar mais sujidades;

Ductos nasolacrimais tortuosos que podem predispor á lágrima marrom , mais conhecida como lágrima ácida, que na verdade não é ácida, mas é popularmente conhecida assim devido á assadura que causa na região abaixo dos olhos;

São prognatas (mandíbula mais pra frente do que maxilar): predispondo a problemas de mastigação, pois não utilizam dentes da frente, comem mais rápido, engasgam mais, e engolem o alimento sem mastigar, então até a digestão é prejudicada.

Além dos problemas respiratórios. Não entra muito ar nas narinas, a respiração é curta e muitas vezes pode faltar oxigênio. E com a dificuldade para respirar passam a respirar com a boca aberta.

 Essas raças possuem predisposição á hipertermia, aumento da temperatura, e quando isso acontece, tudo no organismo muda: frequência cardíaca, frequência respiratória, podem até ter alterações neurológicas.

Nessa altura você pode estar pensando que deveria ter escolhido outra raça,não é mesmo? Mas calma, todas as raças possuem predisposição á algumas doenças, por isso o que você precisa é saber como prevenir tudo isso.

Para prevenir a infecção nos olhos deve se fazer a limpeza, pra saber qual produto usar, e qual frequência limpar, volte 2 matérias, pois escrevi uma mostrando timtim por tim de como cuidar da limpeza dos olhos e das orelhas também. Para prevenir a hipertermia veja o vídeo a seguir, são orientações que podem salvar a vida do seu pet.

Em uma matéria não é possível colocar todos os cuidados preventivos, por isso se você quer saber como prevenir as doenças que a raça do seu pet é predisposta e receber orientações pra que ele possa viver mais e melhor gastando menos, entre em contato pelo direct no Instagram @larissameurer.

(*) Dra. Larissa Meurer é médica veterinária com 5 anos de experiência clínica. Especializada em Prevenção e profissional no atendimento domiciliar. 

Trabalha realizando treinamentos de equipe em pet shops com foco em prevenção. 

E também realizando consultas, exames e vacinas em domicílio com objetivo de aumentar o tempo de vida dos animais e trazendo ainda mais qualidade de vida aos pets e consequentemente pra toda família de seus pacientes. - CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS