Pular para o conteúdo principal

Essa é a principal forma do Shih Tzu se comunicar!

Você já parou para pensar como os shih tzu se comunicam entre si? Entender sobre a linguagem canina é algo que faz muita diferença no cotidiano de uma família que tem bichinhos de estimação. 

A comunicação é algo essencial para uma boa convivência entre os animais e também dos shih tzu com os humanos.

Muitas vezes, os tutores podem interpretar de maneira errônea os sinais corporais do shih tzu. Apesar de parecer simples, a comunicação canina pode ser complexa, já que eles possuem diferentes maneiras de se expressarem. 

As principais formas de linguagem canina são pela comunicação olfativa, auditiva e visual. Para que você entenda tudo sobre isso, reunimos algumas informações que vão fazer você entender tudo que seu shih tzu está querendo dizer para os outros cães que encontrar.

Como funciona a comunicação olfativa na linguagem canina?

Mãmae do Shih Tzu: Vilma Garcia Severino

A comunicação olfativa é uma das principais formas de linguagem entre os cães. Possivelmente, essa é uma das formas de comunicação mais difícil de ser desvendada por nós humanos, principalmente porque não temos a mesma capacidade de olfato que eles. 

Mas é com os cheiros exalados que os cães podem transmitir informações como idade, sexo, doença e até mesmo se a fêmea está no cio ou não.

Essa forma de comunicação só é possível por conta dos feromônios, que são substâncias químicas que ficam em diferentes áreas do corpo dos shih tzu. 

Essas substâncias podem ser captadas por eles graças ao órgão de Jacobson, que fica na cavidade nasal e é responsável por passar essas informações para o cérebro.

Além da comunicação olfativa direta, que é quando um cãozinho se aproxima do outro e cheira seu bumbum ou bochechas, a linguagem canina pelo olfato também pode ocorrer de forma indireta, pois as informações também podem ser passadas pelo cheiro da urina e saliva dos shih tzu. 

Dessa forma, um cachorro não precisa de um contato direto com o outro para que haja a transmissão de informações. 

Isso explica o porquê dos cães passarem o passeio inteiro farejando cada cantinho da rua.

A capacidade de emitir sons é um dos grandes pilares da linguagem canina. Os shih tzu possuem um grande repertório de vocalizações que pode se repetir em contextos diferentes. 

Por isso, é importante também prestar atenção nos sinais corporais do cachorro para entender de fato o que ele está querendo transmitir. Veja abaixo quais são as vocalizações mais comuns e seus significados:

Shih Tzu Latindo: ele pode ocorrer por diferentes razões e é necessário que a linguagem corporal seja associada para contextualizar o significado da ação. 

O shih tzu pode latir tanto para demonstrar euforia em uma brincadeira, como para avisar para que outra pessoa não invada seu território.

Shih Tzu uivando: essa vocalização é instintiva e vem de herança dos lobos, que usam o uivo para localizar outros membros da alcateia, coordenar a caça e também como reconhecimento individual. 

Nos cães, o uivo também pode ser usado dessa maneira caso o shih tzu esteja perdido ou o tutor esteja afastado dele. Por conta da domesticação, nem todos os cachorros são capazes de uivar.

Rosnado: indica que o shih tzu  está incomodado com algo ou está se sentindo ameaçado.

Choramingar: é uma vocalização que funciona como um pedido de ajuda, muito comum nos shih tzu filhotes.

Grito: usado quando o shih tzu se assusta ou quando sente muita dor.

Suspiro: o shih tzu tende a suspirar para relaxar depois de uma situação de muito estresse ou de decepção, após não conseguir algo que esperava.

Ofegar: acontece quando shih tzu está muito cansado, com calor ou estressado.

Redação Patas de Casa