Pular para o conteúdo principal

Qual a diferença entre Shih Tzu e Shih Tzu mini?

Uma das raças de cachorro mais procurada DO BRASIL é a Shih Tzu. Com as residências cada vez menores, algumas pessoas buscam cães pequenos. Alguns criadores aproveitam a oportunidade para criar raças que não existem, como o Shih Tzu mini.

Não existe mini Shih Tzu!

A raça Shih Tzu é reconhecida pela Confederação Brasileira de Cianofilia (CBKC) desde 1940. Todavia, não há registro de variações da raça, como mini, micro ou anão.

Quanto menor o cachorro da raça shih tzu, maior a chance de problemas de saúde como hidrocefalia, diminuição de tempo de vida do animal, entre muitos outros.

Por mais que você já tenha ouvido falar e, inclusive, até veja lugares vendendo filhotes intitulados como "Shih Tzus mini", saiba que esse não é um padrão reconhecido e catalogado. 

O Shih Tzu sim, é reconhecido conforme os padrões elencados neste artigo. Veja mais detalhes a seguir para entender por que esse padrão não existe.

Padrão da raça shih-tzu

O padrão da raça é bastante extenso, com muitos detalhes. Porém, algumas características marcantes da raça:

  • Cachorro de pequeno porte
  • Peso varia de 4,5 a 8 kg, quando adulto. O ideal é de 4,5 a 7 kg (não menos que isso)
  • Sua cabeça é larga e redonda
  • Olhos grandes, mas não proeminentes
  • Focinho curto com no máximo 2,5 cm
  • Seu temperamento é dócil, carinhoso, alegre e independente
  • Sua pelagem é abundante, mas não excessiva

Para saber mais detalhes sobre o padrão da raça, acesse o documento completo da CBKC aqui.

História do cachorro da raça Shih-Tzu

As pessoas tendem a se confundir entre as raças Apso e Shih-Tzu. Porém, há uma série de diferenças muito distintas entre eles. As raízes destas raças estão no Tibete. Porém, foram desenvolvidas na China, onde, cães como estes, viviam nos palácios imperiais.

A China se tornou uma república em 1912. Após, os exemplares da raça encontraram seu caminho para o ocidente. Todavia, a primeira importação registrada para a Grã-Bretanha ocorreu posteriormente a 1931.

Os cachorros da raça Shih-Tzu foram reconhecidos como uma raça distinta de outras raças orientais em 1934. Já o registro separado foi feito pelo The Kennel Club em 1940, com certificados para campeonato disponibilizados a partir de 1949.

Problemas de saúde da raça Shih Tzu

Os cães dessa raça podem comumente apresentar algumas questões específicas, como problemas nos olhos, rins e pele. “Por isso é importante procurar um criador sério na hora de buscar o filhote” recomenda Charly.

O trabalho do criador é justamente selecionar os padreadores e não gerar filhotes com esses problemas de saúde. Segundo Charly, a seleção dos padreadores é feita por tipicidade (genética), temperamento e saúde. “Cães que apresentem qualquer desvio de temperamento ou doença hereditária ou falta no padrão racial são esterilizados e não aptos a reprodução” conta.

Comportamento dos cachorros da raça Shih Tzu

Os Shih Tzus costumam ter um comportamento alegre, dócil, carinhoso e independente. Mas são sedentários. Não gostam de muita atividade física. Por isso, se o tutor busca por um cão mais ativo para correr no parque, por exemplo, definitivamente o Shih tzu não irá lhe atender.

Redação emais.estadao