Uma cachorra de 22 anos, da raça fox terrier toy, tornou-se o cão mais velho do mundo pelo Guinness World Records, o Livro dos Recordes, em maio de 2021.


Pebbles possui um perfil no Instagram dedicado inteiramente a ela. Na conta, os tutores da cadela, Bobby e Julie Gregory, mostram a rotina do animal, que conta com caminhadas ao ar livre, roupas estilosas e até acessórios, como colares dourados e óculos escuros.


Além do visual, a cachorra também chamou atenção pelo seu paladar. Pebbles ama pizza, tacos, pãozinho e bacon.


Após ganhar o título de cachorra mais velha do mundo, Pebbles recebeu diversos recados carinhosos, parabenizando-a pela sua longevidade. “Garotinha adorável! Que sorte os seus tutores têm por amá-la por tanto tempo”, comentou uma seguidora.


Em uma postagem, os tutores contaram que Pebbles realizou diversos exames de saúde recentemente e que apesar da idade avançada para um cachorro, ela está bem.

“Acabei de receber um telefonema do veterinário, todos os exames de Pebbles estão ótimos e a saúde dela está perfeita, ele ficou chocado de ver como ela está em boa forma.”


A cachorra mais velha do mundo

Pebbles nasceu no dia 28 de março de 2000, pesando 1,8 kg, e não foi a primeira opção do casal. Eles desejavam adotar um cachorro de porte grande, mas Pebbles simplesmente chamou atenção de Bobby por latir incansavelmente no canil, fazendo com que ele a pegasse no colo. De acordo com Julie, “foi amor à primeira vista”.


O casal disse que Pebbles leva uma vida tranquila, dorme praticamente o dia todo e à noite fica ativa. Já pelas manhãs, acorda um pouco rabugenta, mas logo se mostra simpática novamente.


Recentemente, a cachorra teve a sua dieta modificada. Após passar por uma consulta com seu médico-veterinário, ela começou a comer ração para gatos, pois nela há maior concentração de proteínas que a ajudarão a manter sua musculatura saudável contra os efeitos da idade.


Pebbles também já teve um parceiro, da mesma raça, chamado Rocky, mas atualmente é viúva. O parceiro acabou falecendo aos 16 anos, deixando 24 filhotes que tiveram juntos ao longo dos anos.


Em entrevista ao Guinness, Julie falou sobre o segredo da longevidade de Pebbles. “Trate-os como família porque eles são. Dê a eles um ambiente positivo e feliz o máximo possível, boa comida e cuidados de saúde adequados.”


Redação fatos desconhecidos