Cachorro com diabetes como cuidar.


É chocante escutar que seu cão foi diagnosticado com diabetes, mas isso não significa o fim da vida dele. Uma dieta adequada e tratamento com insulina podem assegurar alguns anos a mais com uma qualidade de vida. Siga estes passos quando sua família cuidar sozinha de um cão diabético.
Assegure a ajuda de um veterinário qualificado que tenha experiência trabalhando com cães que sofrem de diabetes. Infelizmente, a batalha com o diabetes pode ser longa e penosa e exige a perícia e paciência digna de um veterinário.
Se familiarize com injeção de insulina na nuca do cão. Seu veterinário irá ajudá-lo a determinar a quantia certa de insulina, mas como proprietário do animal, você será responsável em administrar a insulina ao menos uma vez por dia.
Adapte-se a perseguir o seu cão ao redor com uma bandeja, a fim de interceptar o seu fluxo de urina. De modo bastante freqüente, você precisará coletar a urina do cão e mergulhar uma tira de glicose na urina, a fim de realizar o teste de tiras de glicose, que determina os níveis de glicose.
– Alimente seu cão com uma comida canina de qualidade com alto nível de fibra que seu veterinário recomendar. A dieta é de suma importância para um cão diabético e é vital que você seja rigoroso em relação ao consumo do seu cão. Também elimine todas as guloseimas da dieta do seu cão. Isso não é negociável. Tome cuidado para não deixar qualquer comida sobre o balcão ou em latas de lixo acessíveis, já que os cães diabéticos se tornarão bastante inteligentes em encontrar comidas que eles não estão permitidos comer.
– Inicie um programa de exercícios imediatamente. Para aumentar a qualidade de vida dele, seu cão deve caminhar ao menos cinco dias por semana.
– Pesquise por suplementos alimentares (como de vitaminas e minerais) que podem beneficiar seu cão. Consulte com seu veterinário antes de introduzir suplementos na rotina de saúde de seu cão.
– Preste atenção em qualquer mudança na urina do seu cão, consumo de água, comportamento, etc. Relate estas mudanças para o seu veterinário e esteja disposto a ter de fazer exames de urina e sangue do seu cão.
– Sempre tenha um xarope de milho em mãos. Se seu cão diabético entrar em choque, apenas algumas gotas desta pegajosa substância na língua dele podem estabilizá-lo por algum tempo.



Fonte Como Fazer Tudo