Características e comportamento do shih tzu

Características e comportamento do shih tzu filhote
Shih tzu é uma das raças mais antigas que existe. Não se sabe ao certo sua origem da raça, mas acredita-se que ele tenha surgido do cruzamento do pequinês com o lhasa apso (podendo ter outras raças em sua criação, como o pug).  Aqui você vai entender um pouco da características e comportamento do shih tzu.


    Historia do surgimento da raça shih tzu


         
  Existe uma lenda que diz que o shih tzu é o símbolo do amor impossível entre uma princesa chinesa e um mongol (povo predominante no Tibete). Como o casamento lhes foi negado eles teriam resolvido cruzar um legítimo representante da China (o pequinês) com um de Lhasa (capital do Tibet), o cão da raça Lhasa-Apso. Da união das raças teria surgido o shih tzu.

    Popularidade do shih tzu

            
No Brasil o shih tzu se tornou mais popular a partir da década de 90, com um grande crescimento nos últimos anos. Em 2005 foi o 2º maior numero de nascimentos com registro de pedigree.
O mercado de pets cresce cerca de 20% ao ano e com isso cresce também o numero de pessoas cruzando animais para vender sem se preocupar com a qualidade do aprimoramento racial. É preciso tomar cuidado para se adquirir um cão que se encaixe no padrão da raça.

Padrão e comportamento da raça shih tzu



O padrão de comportamento do shih tzu diz que ele é uma raça independente e que se adapta muito bem ao ficar sozinho por longos períodos, mas não se engane. No primeiro dia ao chegar no novo lar ele vai estar num lugar estranho e vai sentir falta dos irmãos e da mãe. É bem provável que ele vá chorar se você deixa-lo trancado na lavanderia. Se você pretende deixa-lo dormir no seu quarto ou na sala, vai ser mais fácil. Ele pode fazer sujeira no começo, mas com o tempo ele vai aprender a fazer as necessidades no lugar certo; não se desespere. Agora se você pretende deixa-lo restrito a uma área da casa, é bem provável que ele vá chorar quando você apagar as luzes e for dormir... não fique indo vê-lo toda vez que ele chorar ou ele vai ficar condicionado a que você aparece toda vez que ele chora. Resumindo, defina desde o primeiro dia quais vão ser as regras da casa. Se você ficar mudando as regras ele vai ficar confuso.

Xixi e coco no lugar certo


Para ensina-lo a fazer xixi e coco no lugar certo você deve cobrir uma grande área com jornal. Uma boa opção é o tapete higiênico, pois os cães têm a tendência procurar locais porosos e absorventes para fazer as necessidades. Este lugar deve ficar longe da água e da comida; eles não fazem as necessidades no mesmo lugar que comem e dormem. Eles normalmente fazem as necessidades logo depois de acordar ou comer. Fique atento e leve-o ao lugar onde ele deve fazer as necessidades assim que ele acordar ou comer e fique com ele até ele terminar, fazendo um agrado e dando um petisco como recompensa. Do mesmo modo, quando ele fizer o xixi e o coco fora do lugar fale áspero com ele, mas nunca bata. 
 Observação: a bronca só adianta se você pega-lo no ato, pois cinco minutos depois ele não vai saber porque está levando bronca. Tenha paciência, pois nos cinco primeiros meses eles não têm total controle do xixi, mas é preciso ensina-los desde cedo, principalmente o shih tzu que tem uma personalidade forte. Conforme você perceber que ele está procurando o jornal para fazer o xixi e o coco vá diminuindo essa área gradativamente.

Cuidados com shih tzu filhote

            
 Nos primeiros meses eles dormem a maior parte do tempo, mas é bem provável que ele fique chorando quando você sair de casa; com o tempo ele vai se acostumar. Com uns 5 meses ele já é bem mais ativo e você vai precisar dar vários brinquedinhos para ele se divertir e morder se não quiser que ele morda moveis, chinelos, sapatos... Geralmente é nessa fase que eles começam a trocar os dentes de leite pelos permanentes (isso mesmo, muitas pessoas não sabem mas cachorros tem dentes de leite). Os ossos de couro ajudam a amolecer os dentes que ainda não caíram e a manter os permanentes limpos. Se até os oito meses ele não trocar todos os dentes procure o veterinário para avaliar se será necessário fazer uma extração.









Fonte do Texto: Pequeno pet