Por que o Shih Tzu fica Ofegante? Isso significa algo errado? Entenda tudo aqui - Shih Tzu Brasil Pular para o conteúdo principal

Por que o Shih Tzu fica Ofegante? Isso significa algo errado? Entenda tudo aqui

 Um shih tzu ofegante pode ser preocupante para um tutor de primeira viagem. Afinal, há cães que respiram de maneira muito assustadora, parecendo que vão realmente ter um colapso em poucos minutos.

Mas, será que isto é realmente um problema, ou é apenas uma maneira natural de respirar?

Para responder estas e outras perguntas que surgem a respeito do assunto, preparamos um guia prático com alguns dos principais sintomas de doenças comuns que trazem a dificuldade respiratória como “marca registrada”. 

Além disso, vamos entender também o motivo pelo qual os shih tzu vivem respirando pesado e o que fazer para ajudá-los em casos extremos.

Acompanhe!

Por que o Shih Tzu fica Ofegante? Isso significa que algo está errado? Entenda tudo aqui

Shih Tzu ofegante – O que este tipo de atitude revela sobre o nosso cãozinho? Devemos nos preocupar a ponto de levá-lo a um veterinário?

A partir do momento que resolvemos adotar um cãozinho para ser nosso melhor amigo no dia a dia, uma série de coisas passam a nos preocupar. 

A nossa vida muda e precisamos, a partir da chegada do filhotinho, adaptar diversas questões na nossa casa. 

Seja o simples fato de colocar produtos de limpeza nas prateleiras de cima, ou investir dinheiro na saúde e alimentação do shih tzu, para que ele não sofra com problemas de saúde no futuro.

Porém, além disso, ainda há algo muito comum que acontece com os tutores de primeira viagem: os sustos devido a falta de conhecimento sobre alguma atitude ou situação que o shih tzu esteja passando. 

Afinal, queremos zelar e cuidar da vida do nosso melhor amigo, de maneira que ele não sofra. E qualquer coisa que esteja “fora do controle”, já será motivo para ficarmos alertas.

É muito comum que nós comparemos a vida ou o comportamento de nossos cães, com a nossa vida (humana). 

E as situações relacionadas a respiração são as que mais chamam atenção. Afinal, quando nós ficamos com falta de ar, por exemplo, significa que algo está muito errado e que precisamos de ajuda médica.

E quando o shih tzu está respirando de maneira ofegante, com a língua de fora ou fazendo força, nossa primeira reação vai ser associar isso a um problema grave que o shih tzu possa estar sofrendo naquele momento.

Bom, há duas situações que devem ser levadas em consideração quanto a isso. A primeira é que o shih tzu pode, sim, ficar ofegante sem que ele esteja com algum problema.

 Afinal, cães são acostumados a respirar desta maneira, uma vez que é desta forma que regulam a temperatura do corpo.

A respiração ofegante de um cachorro pode se assemelhar ao nosso suor. Na prática, o shih tzu não tem suor. 

Mas a respiração ofegante oferece ao corpo dele um resultado semelhante que o suor oferece para nós: o controle da temperatura corporal.

E a segunda situação é que sim, o cachorro pode estar com algum tipo de problema, sendo a respiração ofegante uma das maneiras de demonstrar este problema. Mas, quais problemas estão associados a isso? Eles são graves? Você precisa se preocupar e levar o animal para uma consulta veterinária?

Vamos entender tudo isso a partir de agora. Continue lendo

Motivos graves que deixam o cão ofegante e que indicam a necessidade da ação de um veterinário

Um cachorro ofegante pode estar respirando desta maneira por dois motivos: temperatura do corpo ou algum problema de saúde. 

Quando o verão chega, é muito comum que vejamos o animal respirar de maneira mais pesada (ou mais rápida) do que o convencional em um dia com temperaturas normais.

Neste caso, o shih tzu está se refrescando e não há nada de errado com isso. Pelo contrário: respirar de maneira ofegante traz benefícios para o animal em momentos de muito calor.

Mas é importante ficar atento para algumas doenças ou problemas que podem, sim, ser identificados através da respiração ofegante. 

Neste caso, um simples dia quente não será a motivação para uma respiração ofegante. Mas sim, algumas outras coisas que podem ficar mais “escondidas” no corpo ou no dia a dia do cachorro.

Alguns problemas de saúde são silenciosos e muitas vezes o shih tzu sequer nos “avisa” de que precisam de ajuda. 

]E quando nos avisam, o problema já pode estar mais agravado ou em evolução para isso. Portanto, é fundamental ficar sempre atento e prestar muita atenção na rotina, exames e cuidados veterinários que o cão recebe durante a vida.


Um shih tzu ofegante pode estar sofrendo alguns dos problemas abaixo, veja:


  • Problemas cardiovasculares (apatia) podem trazer sintomas como a respiração ofegante;
  • A tosse de cachorro pode indicar um problema mais grave;
  • Questões relacionadas a ansiedade, estresse e desequilíbrio emocional podem fazer o cão ficar ofegante;
  • Alterações neurológicas podem trazer sintomas como a dificuldade respiratória;

Mas, não se assuste: isto não quer dizer que seu cão está doente de fato. Porém, queremos alertar para que os cuidados com a saúde dele sejam levados a sério e sigam um rigoroso calendário ou rotina veterinária. E para isso, vamos nos aprofundar um pouco mais sobre cada um dos tópicos acima.


Problemas cardiovasculares (apatia) podem trazer sintomas como a respiração ofegante

Os problemas cardiovasculares são aqueles que mais podem prejudicar outras funções no corpo do cachorro. 

Afinal, o coração é a bomba que faz tudo funcionar de maneira equilibrada e regular durante a vida do shih tzu. Sem que o sangue possa ser bombeado para o corpo, não há como transportar nutrientes e fazer a oxigenação para a sobrevivência.

E justamente por isso, um shih tzu ofegante pode estar com alguns problemas cardiovasculares graves, que estejam fazendo ele respirar pesado para manter o corpo energizado. 

Neste caso, fique atento para outras situações, como o cansaço excessivo ou mesmo o desanimo para brincadeiras e comida. A apatia em cães é um problema que afeta o comportamento e, claro, traz complicações para o organismo todo.

A respiração ofegante de um cachorro devido a problemas cardiovasculares, ocorre quando a oxigenação do organismo não está adequada. 

Ou seja, ele precisa fazer mais força do que o convencional para executar uma tarefa que deveria estar no piloto automático, que é respirar.

Em dias de verão em que as temperaturas estão muito altas, o shih tzu poderá estar ofegante devido ao calor ou devido ao problema cardiovascular. A maneira de ter certeza, é observado o comportamento que mencionamos anteriormente (cansaço ou desânimo).

De qualquer maneira, o melhor que você pode fazer é procurar um veterinário para um exame mais profundo. Ou, no mínimo, vale uma ligação ou uma mensagem para tentar esclarecer a situação com o profissional.

A tosse de cachorro pode indicar um problema mais grave

Quando um shih tzu está tossindo, muitas coisas podem estar acontecendo em seu organismo. Pode ser apenas um espirro reverso, que se assemelha a uma tosse, ou pode ser algo mais grave, como uma dificuldade para respirar ou algum tipo de conflito que esteja ocorrendo na garganta do pet. 

Neste caso, é muito difícil de identificar o problema, uma vez que o animal pode não ficar calmo devido a situação.

Por isso, recomendamos que você tente acalmar o shih tzu, de modo que não faça movimentos bruscos ou tente qualquer intervenção para observar a garganta. 

Isto gera estresse e até mesmo agressividade canina, em alguns casos. O mais indicado é conversar com o cachorro e não demonstrar medo. O cachorro precisa sentir que você está com ele.

No caso de tosses, o shih tzu poderá ficar ofegante por ter engolido alguma peça de brinquedo, uma ração atravessada ou algum inseto que tenha cruzado o caminho do animal. 

Neste caso, o shih tzu poderá passar a pata atrás das orelhas e em cima do focinho, como tentativa de respirar normalmente ou remover o corpo estranho da garganta.

Assim sendo, você deve acionar o veterinário o quanto antes. Principalmente se o problema der sinais de piora em pouco tempo. Lembre-se que nestas situações, o cão pode ficar tanto calminho, quanto nervoso. 

Tudo vai depender da personalidade dele e do nível de incômodo que a tosse possa estar causando. De maneira instintiva, eles ficarão ofegantes e vão respirar com a língua de fora.

Questões relacionadas a ansiedade, estresse e desequilíbrio emocional podem fazer o cão ficar ofegante

Há muitos problemas “invisíveis” que podem deixar um shih tzu ofegante. E alguns deles, estão relacionados a saúde mental do cachorro. 

Sim, cães também têm saúde mental e ela precisa estar devidamente organizada e equilibrada, caso contrário, muitos outros problemas podem surgir na vida do cão sem que você consiga identificá-los para, enfim, tratar.

A ansiedade e o estresse, são dois fatores que podem gerar os desequilíbrios mentais de maneiras muito “potentes”. E um dos sintomas físicos disso, vai ser a respiração ofegante. 

Muitas vezes, um cachorro ofegante pode estar sofrendo de diversos problemas relacionados a rotina, dia a dia, gasto de energia ou comportamento. E respirar desta maneira é o caminho que ele encontra para canalizar tudo isso.

Por exemplo, se o seu shih tzu tem medo de fogos de artifício e você mora perto de algum parque que queima fogos todos os dias, há muitas chances de o animal se transformar em um cão muito ansioso. Afinal, eles odeiam ruídos de fogos de artifício. 

E o fato de o animal saber que todos os dias ele terá que passar por isso, muitas reações adversas podem acontecer. E ele pode demonstrar isso, respirando de maneira pesada e descontrolada.

Outra situação muito comum e que faz um animal ficar ansioso, é a necessidade da presença do tutor o tempo inteiro. 

Este problema é conhecido como síndrome da ansiedade de separação, onde o animal não consegue ficar sozinho por muito tempo. Ele chora, não come, não vai no banheiro e passa horas só esperando você chegar em casa – e muitas vezes, com a respiração ofegante.

Cuidar de situações emocionais é tão importante quanto cuidar da alimentação e saúde física do cachorro. Afinal, ele é um serzinho cheio de sentimentos, igual a nós, humanos.

Alterações neurológicas podem trazer sintomas como a dificuldade respiratória

O nosso sistema nervoso é o que consegue fazer com que tenhamos movimentos e consigamos fazer aquilo que nosso cérebro pensa. 

E os cães, claro, também passam por uma situação semelhante. E os problemas neurológicos podem afetar uma série de outras situações da vida do animal. Como maneira de demonstrar isso, ele poderá ficar ofegante.

A reação de respirar de maneira ofegante é uma das “saídas” mais comuns que o cachorro encontra para canalizar uma série de problemas que ele possa estar passando naquele momento. 

Desde um envenenamento (neste caso ele pode espumar), até problemas emocionais, conforme entendemos no tópico anterior.

Um dos indicativos que pode sinalizar um problema neurológico a partir do momento que um cão está ofegante, são os tremores. 

Se o cão estiver tremendo enquanto está ofegante, ele pode estar passando por um colapso nervoso ou pode estar enfrentando outro tipo de problema relacionado aos nervos.

Portanto, toda atenção é pouca. Tenha sempre o contato de um veterinário de sua confiança para que você possa levar o animal assim que ele demonstrar algum tipo de problema como esse. 

Informe-se com um profissional para entender como você pode se acalmar e acalmar o animal e, depois, leve-o até a clínica.

Não tente fazer nenhum tipo de tratamento ou remédio caseiro para este tipo de situação. Afinal, você poderá perder tempo com isso e ainda piorar mais o quadro de saúde do cachorro.

A ajuda profissional sempre será a mais indicada para um tratamento científico e de procedência. Afinal, você não quer arriscar a vida do seu cãozinho, não é mesmo?

Tenha uma atenção redobrada com cães braquicefálicos – Eles têm dificuldades respiratórias por natureza

Você já ouviu falar dos cães braquicefálicos? Talvez você até tenha um, mas não saiba que ele seja um cão com braquicefálico. 

As raças Pug, Shih Tzu, Pequinês, Boxer, Maltês, Lhasa Apso e Bulldog Francês são consideradas braquicefálicas.

Mas, o que isto significa? Significa que o cão possui um sistema respiratório diferente dos demais cães. E por isso, apresenta uma maior dificuldade (natural) para respirar. 

Para entender mais sobre isso, recomendamos a leitura do nosso artigo sobre cachorros braquicefálicos.

Mas o fato é que eles precisam receber uma atenção redobrada com relação a situações de respiração ofegante. 

Afinal, eles já respiram com dificuldades devido a formação de seu corpo, face e focinho. Portanto, qualquer dificuldade “extra” que eles podem enfrentar, já será motivo o suficiente para que passem muito mal.

Todos os problemas graves que apresentamos anteriormente, podem ser potencializados em um cão com dificuldades naturais de respiração – como é o caso dos braquicefálicos. 

E neste caso, você precisa fazer exames ainda mais profundos e constantes para tentar, ao máximo, evitar doenças e complicações na saúde deles.

Um cachorro ofegante que seja braqucefálico pode sofrer muito mais do que um cachorro sem estas características. E você não quer que isto aconteça, não é mesmo?

Como tratar ou evitar que o cachorro fique ofegante devido a doenças?

Existe um ditado popular que pode responder esta pergunta de maneira muito efetiva: “prevenir é melhor do que remediar”. E isto é uma verdade, inclusive, para nossos melhores amigos.

Portanto, devemos ao máximo oferecer conforto e bem-estar para nossos pets do ponto de vista de saúde. Afinal, um cão com saúde tende a ter muito mais qualidade de vida no médio e longo prazo. Mas, para se ter saúde, algumas atitudes básicas precisam ser tomadas, como:


Praticar atividades físicas de maneira regular e equilibrada;

Cuidar da alimentação dos cães de forma a controlar calorias;

Fazer exames rotineiros e buscar ajuda veterinária regular;

Dar todas as vacinas para que o cachorro não desenvolva doenças evitáveis;

Oferecer muito carinho e amor para que a saúde mental deles fique sempre em dia;

Cuide bem do seu shih tzu!


Via: Porta do Dog

Recomendamos